Latitude 10, da Dell. Foto: divulgação.

A Dell, fabricante peso-pesado no mercado de PCs, mas ainda brigando para conquistar sua fatia entre os consumidores de tablets, aposta no Latitude 10 Lite para chamar a atenção. Com configurações altas e preço de R$ 1.899, o modelo com Windows 8 se apresenta como uma alternativa mais barata ao iPad.

O aparelho chegou nesta semana nas lojas brasileiras, contando com processador Intel Atom Dual-Core de 1.8 GHz, tela LCD IPS multitoque de 10" e resolução HD (1366 x 768 pixels).

O Latitude 10 Lite possui 2 GB de RAM e 64 GB de memória interna. As dimensões do dispositivo são de 17,6 por 27,4 cm, com cerca de 1 cm de espessura, pesando 658 gramas.

A bateria não é removível e tem autonomia para até 10 horas de uso segundo a fabricante. Não há 3G nem GPS. Há uma porta USB 2.0, leitor de cartões SD, entrada de fone de ouvido e microfone e um conector para uma "docking station" com quatro portas USB, HDMI e porta Gigabit Ethernet.

Segundo destaca a Dell, o novo aparelho é uma variante doméstica do Latitude 10 - tablet de alta performance voltada ao mercado corporativo - criada para usuários que "não necessitam dos recursos avançados de segurança e gerenciamento disponíveis nas demais versões.

A versão Security do Latitude 10, por exemplo, sai por R$ 2.999.

De acordo com as configurações, o Latitude não faz feio frente ao iPad 4, que conta com configurações de armazenamento e processamento semelhantes. O Latitude, por exemplo, leva vantagem na memória RAM, que no iPad é de 1GB.

Vale lembrar que o Latitude é Windows 8, sistema operacional que ainda não caiu no gosto da maioria do público.

Por outro lado, no preço o tablet da Dell também vence, já que o iPad 4 de 64GB sai por R$ 2.249 nas lojas do ramo. No entanto, se o produto vai emplacar, é preciso esperar para ver.