Gazin está entre as maiores varejistas do país. Foto: Divulgação.

A Gazin migrou o seu sistema de e-commerce para a nuvem Azure da Microsoft, em um projeto entregue pela Solo Network.

Com a nova infraestrutura, a rede varejista conseguiu segurar a demanda durante o ano de 2020, que foi de grande alta nas vendas pela Internet devido à pandemia do coronavírus.

As vendas no site da Gazin passaram de R$ 3 milhões em janeiro de 2020 para R$25 milhões em dezembro do mesmo ano. A migração aconteceu em junho.

“Apesar do potencial, não tínhamos uma estratégia consolidada para a nossa loja virtual até 2020. Com o Azure proporcionamos escalabilidade e oportunidades de expandirmos nossas operações virtuais”, afirma Ricardo Soares, gerente de TI da Gazin.

Fundada em 1965  na pequena Douradina, no interior paranaense, a Gazin hoje tem unidades no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre, Amazonas, Pará, Bahia, Goiás e Tocantins.

A empresa tem cinco indústrias de colchões e estofados, uma indústria de molas, um dos maiores atacados do País e 21 centros de distribuição de mercadorias. 

A empresa está no top 10 do varejo brasileiro, com um faturamento na casa dos R$ 4,2 bilhões, o que mostra que há muito espaço para ampliar as vendas no digital.

Sediada em Curitiba, a Solo Network é parceira de fabricantes de software e hardware, com destaque para as soluções Microsoft, Kaspersky, Adobe, Autodesk, Huawei e Lenovo, entre outros. 

A empresa tem 5 mil clientes ativos e operações em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Salvador.

A Solo vem em alta com a Microsoft, tendo conquistado em 2020 os prêmios de Microsoft Partner of the Year Brazil e o Adobe Partner of the Year Americas, neste último caso, um destaque nunca antes obtido por uma empresa brasileira.