Fundada em 1993, a Fibracem tem sede em Pinhais, no Paraná. Foto: divulgação.

A Fibracem, indústria especializada na fabricação de dispositivos para redes de fibra óptica, fechou o ano passado com um faturamento de R$ 136 milhões, uma alta de 25% frente aos resultados de 2018.

Segundo a empresa, o planejamento assertivo voltado para resultados, expansão da equipe de especialistas e os investimentos em pesquisa e desenvolvimento foram algumas das estratégias que contribuíram para o crescimento.

De janeiro a dezembro de 2019, a indústria aumentou em o número de funcionários em 51%, com a abertura de novas linhas de produção e operação de mais turnos de trabalho. Nos próximos dias, serão 16 novos profissionais.

"O crescimento da empresa se deve, inclusive, ao fato de estarmos focados no desempenho e na praticidade dos produtos oferecidos ao mercado de telecomunicações", afirma Carina Bitencourt, CEO da Fibracem.

No ano passado, a empresa abriu uma nova unidade no Espírito Santo. mas focou também em fortalecer a marca fora do eixo Sul-SP, tendo um crescimento significativo nas regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste.

Para 2020, a empresa pretende lançar 11 novos produtos, além de continuar investindo na na expansão da marca.

Fundada em 1993, a Fibracem tem sede em Pinhais, no Paraná, e comercializa produtos em todo Brasil e América do Sul.