A Santa Casa adotou a solução de hiperconvergência NetApp HCI. Foto: Divulgação.

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre adotou a solução de hiperconvergência NetApp HCI, adquirindo também o upgrade de software para o sistema de armazenamento de dados. O projeto foi implantado pela revenda TechDec.

O equipamento escolhido pela Santa Casa foi lançado pela NetApp no segundo semestre de 2017.

A aquisição faz parte da plano estratégico da instituição para o período entre 2016 e 2020, que tem foco no investimento em inovação.

Com o sistema da NetApp, a Santa Casa busca acelerar o tempo de resposta às necessidades das diferentes áreas de negócio, reduzindo os custos operacionais.

“A NetApp está apta a oferecer as melhores soluções tecnológicas no que toca a performance, flexibilidade e automação de ambientes de TI. Isso resulta em uma visão holística em relação aos dados, liberando todo o valor que eles oferecem para criar vantagens competitivas para nossos clientes”, aponta Marcio Kanamaru, country manager da NetApp no Brasil. 

A hiperconvergência permite simplificar as operações de TI, acelerando o processo ao executar na mesma plataforma, com gerenciamento unificado, as funções de computação, virtualização, rede e armazenamento. 

No projeto, a TechDec, que faz parte da rede de canais da distribuidora Westcon, oferece o gerenciamento de toda a rede no modelo de serviço.

Fundada em 1803, a Santa Casa reúne 7 hospitais, com destaque para as áreas de clínica médica, cirurgia geral, cardiologia, neurocirurgia, pneumologia, oncologia, pediatria e transplantes.

A instituição reúne mais de 1 mil leitos, sendo cerca de 130 na UTI. Com mais de 8 mil colaboradores, a Santa Casa conta com mais de 1,5 mil médicos.

Como parte de seu plano de inovação, a organização firmou uma parceria com o SAP Labs Latin America e a Unitec (Incubadora Tecnológica da Unisinos) para ser a primeira parceria de um novo programa de incubação: o .Idea.

O objetivo do projeto é mapear problemas reais de diversos segmentos da indústria e buscar empreendedores que possam desenvolver soluções de IoT para resolver essas questões com a mentoria da SAP.