A Secretaria de Educação de Goiás analisa informações de diversas secretarias do estado. Foto: Divulgação.

A Secretaria de Educação de Goiás adotou o SQL Server, plataforma de gerenciamento de dados da Microsoft, para analisar informações das diversas secretarias de ensino de todo o estado.

Para fazer cruzamentos e analisar o grande volume de dados administrativos e pedagógicos armazenados por funcionários, Goiás precisava de um sistema que facilitasse a elaboração de relatórios e a tomada de decisões na área de educação. 

O banco de dados da Secretaria de Educação de Goiás é acessado diariamente por aproximadamente 20 mil usuários, com picos de demanda que chegam a 1,5 mil requisições de dados por segundo.

“A partir da análise de informações com a plataforma SQL Server, já foram tomadas diversas ações junto a Subsecretarias e Unidades de Ensino com o objetivo de melhorar a qualidade da educação no Estado”, afirma Ricardo Pereira Borges, chefe do Núcleo de Tecnologia Educacional da Secretaria de Educação de Goiás (NUTE).  

A análise das diversas informações armazenadas no banco de dados da Secretaria de Educação de Goiás possibilitou a criação de ferramentas como o Portal do Diretor e o Diário Eletrônico, que ajudam diretores e professores em tarefas do cotidiano.

O SQL Server foi incorporado ao Sistema Integrado de Gestão Escolar de Goiás, que contém informações sobre alunos infrequentes, merenda escolar, entre outros dados. 

A Secretaria de Educação de Goiás também criou um portal baseado em Sharepoint para que professores possam, por exemplo, buscar informações sobre ações pedagógicas de outros educadores e que possam ser uteis em alguma atividade que esteja planejando. 

No portal, pais e alunos também podem acessar questões como o calendário escolar e a matrícula via web.

O uso do SQL Server pela Secretaria de Educação de Goiás é parte do programa Microsoft CityNext. A iniciativa tem o objetivo de estimular governos a usarem as principais tendências tecnológicas, entre elas nuvem, big data, mobilidade e redes sociais, para analisar indicadores, prover informações em tempo real..

O Estado de Goiás vem apresentando uma evolução no índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Em 2013, o Ideb do Ensino Médio de Goiás foi de 5,7, ante 5,3 em 2011 e 4,9 em 2009.

Atualmente, o órgão utiliza a versão 2012 do SQL Server, mas pretende migrar para a versão 2014 até fevereiro do próximo ano.