Ricardo Dastis.

Ricardo Dastis não é mais gerente sênior de Segurança da Informação da Lojas Renner.

Dastis, contratado pela Lojas Renner em 2012, é um dos gerentes de segurança da informação (ou CISO, como o cargo é conhecido pela sigla em inglês) mais experientes em atuação no mercado brasileiro.

Antes de entrar na varejista gaúcha, Dastis foi CISO na Basf e Telemar. O profissional também trabalhou na área na PwC e foi gerente regional da Módulo, uma das maiores companhias brasileiras do nicho de segurança.

“A vida é feita de ciclos. Mudanças fazem parte. Sou muito grato à Lojas Renner S.A. e tenho grande orgulho do trabalho realizado ao longo destes sete anos e meio”, aponta Dastis.

O profissional destaca que a Renner é um case em gerenciamento de identidades, proteção de dados, foi recertificada por oito anos consecutivos no PCI DSS e tem evoluído em gestão de riscos cibernéticos.

“O time que segue lá é fera! Saio tranquilo, sabendo que o trabalho será continuado e evoluirá mais ainda”, resume Dastis.

O profissional não dá pistas dos seus próximos passos, mas a verdade é que CISOs experiente são um ativo em alta no Brasil.

Nos últimos meses, o país tem visto um grande vazamento de dados pelo menos a cada mês, muitos envolvendo nomes emergentes no mercado de fintechs ou players estabelecidos em diversos setores.

Tudo isso acontece na iminência da entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), prevista para entrar em vigor em agosto de 2020.

A lei prevê multas de até R$ 50 milhões ou ou 2% do faturamento bruto anual — o que for maior.