Maurício Vergani, diretor da Unidade de Negócios Corporativo da Oi.

A Oi acaba de colocar no ar um portal através do qual os clientes podem fazer o gerenciamento da plataforma de computação em nuvem Oi Smart Cloud.

Com acesso seguro, utilizando login e senha, os clientes podem aumentar ou liberar recursos dos servidores, como processamento, memória, disco, licenças de software entre outros, pagando somente pelo consumo.

 “Os nossos clientes podem, através do uso do portal, ganhar agilidade e rapidez na implementação de infraestruturas virtuais respondendo às necessidades do momento”, afirma o diretor da Unidade de Negócios Corporativo da Oi, Maurício Vergani.

O portal oferece ainda recursos de controles estatísticos de cada servidor e alertas para níveis de uso críticos.

É possível registrar até 20 usuários diferentes, de determinadas áreas, facilitando o processo e fluxo de informações e aprovações internamente.

Lançado em fevereiro desde ano, o Oi Smart Cloud tinha 58 clientes em fases de testes em abril, segundo revelou Vergani à reportagem do Baguete Diário durante visita ao data center da empresa em Brasília.

O executivo não revelou nomes, mas disse que os possíveis clientes eram empresas “muito grandes”, incluindo nomes nas áreas área bancária e varejista – sendo mais de seis empresas no Sul.

Para iniciar o Smart Cloud, a Oi investiu R$ 30 milhões, adquirindo novos equipamentos de diversos fornecedores – IBM, Datacom, Panduit, Juniper – destinados a otimizar a infraestrutura já disponível na empresa.

Toda essa estratégia para entrar num mercado que, segundo dados da consultoria IDC, deverá movimentar R$ 1 bilhão até 2014, com penetração de 35% nas empresas até o ano que vem.