Ivana Lech.

Ivana Lech não é mais gerente de TI do Hospital Moinhos de Vento, uma das maiores instituições de saúde privada de Porto Alegre, com faturamento na faixa dos R$ 600 milhões anuais.

A informação é de fontes de mercado ouvidas pelo Baguete e foi confirmada pelo hospital por meio da sua assessoria de imprensa.

Em nota, o Moinhos “agradece o empenho e dedicação” de Ivana e informa que com a “reestruturação”, três coordenadores da área passam a reportar interina e diretamente à superintendência administrativa.

Não fica muito claro pela nota se a reestruturação é permanente ou interina e se o Moinhos de Vento voltará a ter em seus quadros a figura do gerente de TI em algum momento. 

A nota do Moinhos não revela os nomes dos coordenadores, mas pelo que a reportagem do Baguete pode averiguar, pelos menos dois são contratações recentes.

Tiago Abreu, coordenador de Infraestrutura de TI, está no hospital desde março do ano passado, vindo da Santa Casa de Porto Alegre 

Já André Lima, coordenador de Projetos de TI, veio um pouco depois, em setembro, e tem passagem por Totvs, IBM e Unimed Sorocaba.

A modificação acontece poucos meses depois de uma troca de comando no Moinhos de Vento.

Com a saída de Fernando Torelly para assumir o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, assumiu o comando Mohamed Parrini, ex-superintendente de Operações e Finanças do Moinhos.

Ivana Lech assumiu a gerência de informática do Hospital Moinhos de Vento em julho de 2013, vinda do ITS Group, parceiro da SAP em Porto Alegre.

A profissional foi CIO da Vonpar, uma das maiores fabricantes do sistema Coca Cola do Brasil, entre 2003 e 2008.

Em entrevista ao Jornal do Comércio em fevereiro, Ivana apontou que as prioridades da TI para 2016 eram a entrega do Portal do Paciente, um serviço com os principais dados, exames e laudos dos clientes acessível na Internet.

Também estava nos planos o início o projeto para a construção de um novo data center e iniciar a atualização do sistema de ERP.