O Skolkovo Technopark atua nas áreas de TIC, energia, segurança e espaço. Foto: Divulgação.

O Tecnopuc e o Skolkovo Technopark, principal Parque Científico e Tecnológico da Rússia, localizado em Moscou, firmaram convênio de cooperação e softlanding. 

A parceria foi formalizada pelo Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Jorge Audy, e CEO do Skolkovo Technopark, Renat Batyrov.

Com a parceria, o Tecnopuc amplia as oportunidades de acesso para empresas brasileiras no ambiente de inovação russo, um reflexo do direcionamento adotado pelo Tecnopuc nos últimos três anos. 

“Temos intensificado ações de internacionalização, com foco em ampliar possibilidades de atuação das empresas instaladas no parque”, afirma Rafael Prikladnicki, diretor do Tecnopuc.

O Skolkovo Technopark é fruto de um projeto do governo da Rússia e busca posicionar o país no cenário da inovação internacional. Hoje, o Parque Tecnológico conta com mais de mil colaboradores, desenvolvendo trabalhos com foco na criação de empresas de base tecnológica, principalmente nas áreas de TIC, energia, segurança e espaço.

A estrutura, que tem 95 empresas residentes hoje, é o elemento central do Centro de Inovação Skolkovo. O centro de tecnologia com 400 hectares projeta ser o lar de 30 mil residentes em 2020.

O Technopark conta com 33 centros de uso comum que oferecem serviços para facilitar e acelerar o trabalho das empresas. Os centros são focados em áreas como: microanálise, pesquisa química, testes de baterias, óptica quântica, prototipagem 3D, usinagem, engenharia de superfícies, estudos pré-clínicos, ensaios clínicos, e outros.

O Tecnopuc havia formalizado, em 2014, acordo com o TusPark, localizado da China. Contando com mais de 400 empresas, o Tuspark tem 20 anos de existência e integra a Tsinghua University, tradicional instituição de ensino do país asiático.