CALL CENTER

Atendebem fecha as portas

07/12/2015 10:26

Empresa comunicou fechamento em uma carta cheia de críticas aos próprios clientes.

Funcionários da Atendebem.

Tamanho da fonte: -A+A

O call center Atendebem, sediado em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, anunciou o encerramento das suas atividades nesta sexta-feira, 04, causando um número estimado de 600 demissões.

A companhia comunicou a decisão em uma folha colada na porta principal. De acordo com o jornal NH, a decisão pegou os colaboradores por surpresa.

O texto da Atendebem inclui críticas aos seus clientes, que, de acordo com a companhia, tem uma “postura aviltante”, além da “conjuntura econômica, o aperto no crédito que impede que a empresa possa rolar suas dívidas”.

“Há outros motivos que vamos, judicialmente, discutir e que não cabe citar aqui, mas grande parte deles envolvem nossos clientes, também a forma de remuneração que não cobre os custos crescentes”, segue o texto, afirmando ainda que a empresa conta com mais de R$ 7 milhões para receber dos clientes em pagamentos que deverão ser efetuados entre dezembro e janeiro próximo. 

Segundo o comunicado, no entanto, todos os direitos trabalhistas como salários, premiações, férias e aviso prévio serão pagos aos colaboradores.

Na manhã deste sábado, 05, relata o NH, dezenas de funcionários foram até a sede da empresa tentar buscar novos esclarecimentos sobre a situação. Para a surpresa deles, os portões estavam fechados e a segurança reforçada no local. 

“Não pudemos entrar nem para pegar nossas coisas. É um absurdo. Estamos com salários e outros benefícios como o 13º e o fundo atrasados. Voltei de férias há pouco e não sei o que fazer sem dinheiro”, comentou ao jornal do Vale dos Sinos Eva Adriana da Silva, 45, que trabalhava no setor de treinamento de Recursos Humanos e estava há 10 anos na empresa.

Em fevereiro, a Atendebem fechou sua operação em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. A empresa não comenta o número total de funcionários, mas informações divulgadas na imprensa catarinense falam de 100 demissões em Criciúma (o assunto foi tema de matérias na TV local). 

Naquele então, circularam todo tipo de rumores, desde o fechamento da empresa até a migração de todas as operações para o Nordeste, onde a empresa abriu uma operação em Eusébio, no Ceará, agora também fechada.

Em seu site, a empresa divulga uma carteira com clientes como Banco do Brasil, Sicredi e Claro.

A Atendebem abriu em São Leopoldo em 2006 vinda da vizinha Novo Hamburgo, onde foi fundada em 2000, atraída por um incentivo fiscal na alíquota do ISSQN concedida pela prefeitura da cidade.

Na época, foi divulgado pelo governo do estado que a Atendebem estava investindo R$ 10 milhões na reabilitação da área de uma antiga fábrica de sapatos para transferir 2 mil funcionários com a meta de faturar R$ 32 milhões no final daquele ano.

Confira o comunicado da Atendebem:

Veja também

SEGURANÇA
Nice: solução contra fraude em call center

Solução evita fraudes em tempo real utilizando a biometria de voz.

CONTACT CENTER
Contax: R$ 40 mi em sede no Acre

A operação é a primeira da empresa na região norte.

ATENDIMENTO
Souza Cruz gere call center com Nap IT

Com a integração do Gateway GSM, o televendas registrou economia de R$ 700 mil em seis meses. 

BAHIA
Atento abre em Feira de Santana

Empresa é mais um player do setor de call centers a aumentar sua operação no Nordeste.