E orçamento de TI ó!

Os orçamentos de TI devem crescer apenas 2,8% em 2015, segundo aponta uma pesquisa da IT Data e o IT4CIO junto a 400 empresas.

A cifra é um terço da média histórica do levantamento, em torno de 10%, e fica abaixo da inflação prevista para este ano, na casa dos 9%. 

De acordo com os dados do IT Data, o mercado começou a desaquecer ainda em 2012, quando o crescimento dos orçamentos ficou no patamar de 6%, acompanhando apenas a inflação.

Um dos segmentos mais afetados está sendo o governo. Com a queda da receita, governo federal, estadual e municipal investiram apenas 30% no primeiro semestre, quando comparado ao mesmo período de 2014. 

Ainda precisa ser computada na equação a alta do dólar, cujo valor médio em 2014 foi de R$ 2,35. As novas cotações, na faixa de R$ 3,15 também impactam o poder de compra das empresas, uma vez que muitos dos produtos e serviços estão atrelados à moeda americana.

Quem quiser ver o lado bom, pode se apegar ao fato que mesmo um crescimento pífio ainda é um crescimento. 

Os números últimos números divulgados pelo IT Data, relativos ao primeiro semestre de 2014, davam conta de uma queda de 1% no mercado de TI.