E-COMMERCE

Tricae: Wanessa em ação de publicidade

07/05/2014 09:56

A cantora gravará vídeos mostrando os produtos da loja online e como fazer as compras.

Wanessa faz parte da ação de marketing da Tricae. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

Em uma nova ação de marketing, a loja online de artigos para bebês Tricae fechou uma parceria com a cantora Wanessa, filha do sertanejo Zezé di Camargo, que está grávida de seu segundo filho. A artista irá comprar o enxoval do filho João Franciso pelo site.

A ideia da marca é que Wanessa seja um exemplo para outras mães, demonstrando as características do serviço online. 

Durante três meses, o público irá acompanhar Wanessa fazendo compras na Tricae. A cantora gravará vídeos mostrando os produtos da loja online e como fazer as compras.

“A Wanessa é uma personalidade que representa o perfil das consumidoras da Tricae, uma grávida com a vida super ativa”, afirma Juliana Duarte, co-CEO da Tricae.

O conteúdo será divulgado no Youtube e nas redes sociais da Tricae e da Wanessa.

“A mãe moderna é multitarefa. Ela trabalha, vai à academia, faz as compras de casa e procura as melhores promoções de itens para os filhos”, diz a cantora Wanessa.

A cantora lançou seu primeiro álbum no ano 2000 e já teve dez músicas no primeiro lugar em rádios brasileiras, como “O Amor Não Deixa” e “Não Resisto a Nós Dois”.

A ação com Wanessa busca gerar maior visibilidade para a Tricae, que enfrenta uma forte concorrência no ramo de e-commerce para bebês. Outra artista envolvida no ramo é Angélica, apresentadora da TV Globo, que tem uma participação não revelada na Baby.com.br.

A disputa por aportes também é grande. 

No ano passado, a Bebê Store buscou aporte de US$ 2,9 milhões do fundo de investimentos Atômico enquanto a Tricae recebeu R$ 20 milhões da Rocket Internet no final de 2012.

A Baby.com.br captou fundos no Brasil e nos Estados Unidos, realizados pela Monashees Capital, Tiger Global, Ron Conway e Accel Partners. Só a Accel Partners e Tiger Global colocaram US$ 16,7 milhões na empresa.

Veja também

PEQUENOS PROGRAMADORES
Curso para produção de games para crianças

A Startup Cursos aposta na oferta de turmas para crianças a partir de oito anos para criação de jogos digitais.

TECNOLÓGICAS
Crianças: apps sim, cadarço não

57% entre três e cinco anos sabem operar pelo menos um aplicativo de smartphone ou tablet.

FUNDOS
Bebê Store recebe aporte de R$ 30 mi

O investimento foi feito pelos fundos Atomico e da W7 Brazil Capital.

E-COMMERCE
Tricae: ex-C&A dirige produtos próprios

Bruna Oliveira será responsável pela criação da coleção de roupas e calçados da loja. 

R$ 400 MILHÕES
Netshoes terá maior aporte de sua história

A operação será liderada por fundo de Cingapura, que investirá R$ 170 milhões.

E-COMMERCE
eBay chega ao Brasil

Agora é possível acessar a plataforma e selecionar o português como idioma do site e do app.