STARTUP

Criatec 3 investe na Chip Inside

07/04/2017 15:42

A startup é especializada no monitoramento em tempo real do comportamento do gado de leite.

Leonardo e Thiago, sócios da Chip Inside. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A startup Chip Inside é a primeira empresa a receber um aporte do fundo Criatec 3, criado pelo BNDES e gerido pela Inseed Investimentos. 

O Criatec 3 foi lançado no ano passado e tem R$ 230 milhões sob gestão. Com atuação nacional, ele conta com 13 cotistas composto por bancos de desenvolvimento, agências de fomento estaduais, corporações e investidores privados de todo o país. 

Localizada em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, a Chip Inside nasceu em 2010 dentro da Universidade Federal da cidade (UFSM). 

Especializada no monitoramento em tempo real e com alta precisão do comportamento e do ciclo reprodutivo do gado de leite, o produto da Chip Inside voltado para a coleta de dados permite a detecção dos níveis de ruminação, atividade e ociosidade do animal.

O Brasil possui mais de 200 milhões de bovinos, o que torna-o um dos principais países em volume de produção de leite e volume de produção de carne do mundo. Somente no leite existem 22 milhões, que produzem o equivalente a 33 bilhões de litros de leite ao ano. 

Com estes números, o Brasil é o maior rebanho comercial do mundo no que diz respeito a pecuária leiteira e o quinto país que mais produz leite. 

Hoje a Chip Inside monitora cerca de 1,5 mil animais. Com o aporte, a expectativa é que a empresa chegue 8 mil animais ainda este ano. Até 2021, a meta é bater na casa dos 100 mil animais monitorados.

“Somos os únicos que ofertamos esta solução no mercado. Por isso precisamos desta alavancagem rápida, que o aporte permitirá, para angariar o mercado e ganhar participação”, afirma Leonardo Guedes, co-CEO da startup. 

O sistema da empresa é formado por uma coleira que é colocada no animal para monitorar 24 horas por dia o nível de ruminação, atividade e ócio. 

Além das coleiras, o sistema possui um conjunto de antenas e um software de gestão, monitoramento e diagnóstico. Através dele, o produtor consegue monitorar o status de saúde dos animais, recebendo informações via celular em caso de alterações importantes.

“O sistema monitora cada um dos animais do produtor e avisa-o precocemente dos riscos e doenças, permitindo que seja realizado o tratamento preventivo”, explica um dos sócios da Chip Inside, Thiago Martins.

O mercado-alvo da companhia é composto por propriedades de produção intensiva com um rebanho em lactação de 30 a 400 animais. 

O Criatec 3 tem como cotistas, além do BNDES, a Valid S/A, a Afeam, os bancos Alfa, Badesul, Bandes, BDMG, BNB, BRDE, a Fapemig e a Fomento Paraná.

Veja também

CLARA
Chatbot tira dúvidas de empreendedores

A Clara conta com jornadas que variam de acordo com o estágio e dificuldades de cada negócio.

E-COMMERCE
Magazine Luiza compra startup Integra

A Integra Commerce é utilizada hoje por mais de 200 lojistas.

STARTUP
E.Bricks Ventures investe na Me Salva!

Nos últimos quatro anos, o Me Salva! teve 142 milhões de aulas assistidas. 

INOVAÇÃO
Tigre busca startups com StartSe

Em parceria, as empresa vão identificar projetos relacionados ao planejamento estratégico da Tigre.

AGRO
Aegro leva aporte do SP Ventures

O fundo faz aportes que variam de R$ 2 a R$ 6 milhões por companhia.