Ricardo Felizzola assumirá em 2017 a presidência do Conselho Superior do PGQP. Foto: Divulgação.

Na segunda-feira, 5, foram eleitos os novos presidentes dos Conselhos Superior e Diretor do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP). Em janeiro de 2017, Ricardo Felizzola assumirá a presidência do Conselho Superior, enquanto Daniel Randon liderará o Conselho Diretor.

Felizzola, CEO da HT Micron, substituirá o empresário Jorge Gerdau Johannpeter, que se mantém na entidade como conselheiro do movimento. Johannpeter estava à frente do Conselho Superior desde a sua criação. 

“Estou imensamente honrado em substituir Jorge Gerdau Johannpeter no Conselho Superior. Como presidente do Conselho Diretor buscamos atuar no fortalecimento do PGQP como referência tanto na área pública como privada. Conquistamos espaços importantes neste período, mas sabemos que muitos desafios ainda estão por vir”, enfatiza Felizzola.

Felizzola fundou a HT Micron em 2011. A companhia destaque no setor de eletroeletrônica é uma joint venture com participação da coreana Hanna Micron e do fundo brasileiro Parit, controlador da Altus e da Teikon.

Randon assume a liderança do Conselho Diretor, anteriormente dirigida por Felizzola por quatro anos.

Daniel iniciou suas atividades nas Empresas Randon em 2000, onde ocupou diversos cargos até assumir, em 2010, o cargo de diretor presidente e de relações com investidores da Fras-le e, também, de diretor vice-presidente de administração e finanças da Randon S/A.

O PGQP atua há mais de 20 anos na promoção da competitividade do Rio Grande do Sul. O programa envolve mais de 9,5 mil organizações, entre iniciativa privada, órgãos públicos e terceiro setor, e cerca de 1,3 milhão de pessoas relacionadas com a Gestão da Qualidade.

Desde 1992, o PGQP construiu uma rede de 80 comitês setoriais e regionais, permeando o estado do Rio Grande do Sul e diversos setores da economia gaúcha.