Sede da Stihl em São Leopoldo. Foto: divulgação.

Marcelo Miltzman não é mais gerente de TI da Stihl, multinacional alemã de motoserras e outras ferramentas motorizadas que tem uma fábrica no Brasil em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pela Stihl por meio da sua assessoria de imprensa.

De acordo com a empresa, ainda não há um sucessor definido e as áreas de Suporte e Sistemas de TI reportam interinamente para Cleomar Prunzel, vice-presidente de Administração e Finanças.

Miltzman estava na Stihl desde 2007 e entregou uma série de projetos, incluindo implantações de tecnologias da SAP e, mais recentemente, um novo data center construído pela Aceco.

Antes de entrar na Stihl, o executivo passou por diversas posições na Leopold Kostal, outra multinacional alemã, mas focada em automação industrial e sediada em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Miltzman entrou na Leopold Kostal em 1985 e foi por quase 10 anos gerente de TI da empresa.