O Colégio Luiz de Queiroz (CLQ), de Piracicaba, adotou o software de gestão Totvs Educacional. Foto: Divulgação.

O Colégio Luiz de Queiroz (CLQ), de Piracicaba, adotou o software de gestão Totvs Educacional e passou a disponibilizar recursos de mobilidade a alunos e professores.

Para remodelar o relacionamento entre professores, alunos e pais, o CLQ, aderiu ao Portal Online, ferramenta que permite o acesso de pais e alunos às suas notas, faltas e ocorrências. 

Depois, a instituição implementou o TOTVS Educa Mobile, solução com funcionalidades que proporcionam uma interface de troca de informações por meio de dispositivos móveis.

A tecnologia é compatível com iOS, Android, Windows Phone e outras. Os serviços que são acessados pelo portal também estão disponíveis por meio de smartphones e tablets. 

Em operação no CLQ desde janeiro de 2015, a tecnologia proporciona a alunos, pais e professores o acompanhamento de todas as informações acadêmicas. 

Entre as funcionalidades estão o quadro de avisos acadêmicos e financeiros. O espaço  emite alertas ao aluno caso o seu percentual de frequência nas aulas esteja próximo ao limite permitido pela instituição.

Além disso, há a agenda do aluno, que permite a visualização das aulas do dia, lições de casa, datas de avaliações, entregas de trabalhos e dos períodos de matrícula. 

A ferramenta ainda conta com consulta de notas, planos de aula, quadro de horários com sala, disciplinas cursadas e a consulta sobre o andamento de solicitações realizadas, além do extrato financeiro. 

Outro recurso é o controle de chamada de alunos. Quando a chamada é feita de forma tradicional, com anotações em papel, há a necessidade de um procedimento operacional para fazer a transcrição das informações. 

Com o apoio da tecnologia, o professor faz a chamada e registra a presença do aluno no dispositivo móvel. 

“Eram constantes as reclamações do corpo docente em relação ao tempo gasto com tais ações operacionais. Dessa forma, além de modernizarmos a relação com pais e alunos, permitimos aos nossos professores otimizar o seu trabalho e utilizar essas horas de forma mais produtiva”, comenta Cleber Souza, gestor de TI do CLQ.

Para chegar a esse nível de gestão, o CLQ precisou organizar todas as suas operações, garantindo processos seguros e transparentes. 

O marco decisivo deu-se em 2010, com a mudança na lei quanto ao período letivo do ensino fundamental, que passou de oito para nove anos. 

Para atender a nova exigência, a escola adotou o ERP Totvs Educacional. Com a implementação do software, em meados de 2012, os departamentos do colégio foram reestruturados e todos os processos revisados. 

Algumas áreas foram separadas e passaram a ter autonomia e operações independentes, como no caso da tesouraria, do RH e da secretaria, que antes atuavam em conjunto. 

O CLQ adotou os módulos de compras, financeiro e de ECM (gestão de conteúdo empresarial). O colégio já iniciou a fase de implantação do folha de pagamento, do módulo de ponto e planeja, para o segundo semestre, a adoção do contábil. 

O CLQ conta com duas unidades - um cursinho preparatório e um colégio. Atualmente, são 150 colaboradores diretos e cerca de 1,5 mil alunos. 

Desde a implantação do software de gestão, a instituição afirma que teve aumento de 30% no número de matrículas e pretende crescer 50% até 2017.