Eder Lacerda. Foto: divulgação.

A Matrix, empresa de Telecom, conectividade e data center com estruturas em Florianópolis e São Paulo, além de dez operações pelo país, acaba de investir R$ 1,2 milhão em sua oferta de cloud computing para pequenas e médias empresas.

O foco está nas companhias com faixa de faturamento anual entre R$ 250 mil e R$ 5 milhões, e a oferta se concentra na Cloud Compartilhada Matrix, produto que a emprsea lança em parceria com a Dell.

O investimento destinado à nova solução incluiu software - sistemas operacionais, hyper visors, banco de dados - de fornecedores diversos, que reforçaram a estrutura Dell de servidores, unidades de backup e storage Equallogic que a Matrix já mantém há cerca de cinco anos.

“As soluções de armazenagem Dell EqualLogic permitem alocação dinâmica dos recursos. Assim, podemos oferecer preços competitivos”, explica Eber Lacerda Junior, COO da Matrix.

O ingresso da companhia no segmento SMB é parte do projeto de expansão de médio prazo da empresa, que em 2012 faturou aproximadamente R$ 60 milhões e chegou a aproximadamente 500 clientes de grande porte, mas projeta ampliar a carteira em 45% só este ano com o reforço das pequenas.

Expectativa embasada em evidências do mercado: pesquisa da Websolute indicou em janeiro deste ano que de 400 PMEs entrevistadas no Brasil, 60% consideram adquirir soluções em algum modelo de cloud computing.

Entre as interessadas em investir, o estudo mostrou um potencial de investimento de R$ 1,2 bilhão ao ano com os serviços na nuvem. No topo das intenções de compra, serviços de infraestrutura hospedada, com participação de R$ 649 milhões.

“Nossa armazenagem pode ser dedicada ou em nuvem, mas sempre com infraestrutura redundante para garantir a segurança das operações”, finaliza Lacerda.

Fundada em 1988, a Matrix também tem atuação internacional, com backbone próprio conectado à rede mundial da US Matrix em Miami.