Márcio Castro.

A Cetip, maior depositária de títulos privados de renda fixa da América Latina e maior câmara de ativos privados do país, contratou Márcio Castro, ex-diretor de TI da XP Investimentos, para assumir o cargo de diretor de Tecnologia da Unidade de Títulos e Valor Mobiliários da empresa. 

No cargo, o executivo se reporta a Maurício Rebouças, diretor-executivo de Tecnologia da mesma unidade. 

Deve ter contado na contratação a experiência de Castro na Bovespa, onde o profissional foi CTO, diretor de desenvolvimento de sistemas e outros cargos durante quase 11 anos.

A Cetip, que teve receita líquida de R$ 239,2 milhões no primeiro trimestre, uma alta de 15,6%, já chegou a ser especulada como uma futura competidora da própria Bovespa. 

No começo do ano, no entanto, o presidente da Cetip, Gilson Filkenstein, disse ao Valor Econômico que atuar como bolsa ou oferecer serviços de compensação e custódia está praticamente fora dos planos da companhia.