A FGV EESP é a primeira instituição do Brasil a ingressar no "University Blockchain Research Initiative". Foto: Divulgação.

A Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EESP) é a primeira instituição de ensino do Brasil a ingressar no programa "University Blockchain Research Initiative", financiado pela Ripple

O projeto apoia pesquisas acadêmicas, desenvolvimento técnico e inovação nas áreas de blockchain, criptomoedas e pagamentos digitais.

A instituição é uma das 15 no mundo que receberão, ao todo, uma doação de US$ 50 milhões para pesquisas e estudos. O programa também oferece orientação estratégica e de recursos técnicos. 

"A Ripple é muito conhecida no mercado de blockchain aplicado ao setor financeiro. Essa parceria trará a aproximação de pesquisadores brasileiros com de outros países e, sobretudo, com o mercado que está em expansão", afirma Ricardo Rochman, coordenador do Mestrado Profissional em Economia da FGV EESP.

Entre as organizações selecionadas estão MIT, Princeton e Stanford.

"O University Blockchain Research Initiative é o reconhecimento da importância vital do papel único que as universidades desempenharão no avanço de nossa compreensão e aplicação da tecnologia de criptografia e de blockchain. Ele também se comunica com a realidade de que estudantes universitários irão alimentar um mercado financeiro e uma força de trabalho em contínua evolução e maturidade", diz Eric van Miltenburg, vice-presidente sênior de Operações Globais da Ripple. 

A Ripple fornece um sistema de liquidação bruta em tempo real (RTGS), câmbio e rede de remessas.

 

Confira a lista de universidades beneficiadas:

Universidade de Princeton (Centro de Política de Tecnologia da Informação)

MIT (Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial)

Universidade da Pensilvânia (Wharton School)

Instituto Indiano de Tecnologia de Bombaim

Faculdade de universidade nacional australiana da lei

Universidade de Tecnologia de Delft (Holanda)

Fundação Getulio Vargas (Brasil)

Universidade da Califórnia, Berkeley (Haas School of Business)

Instituto Internacional de Tecnologia da Informação, Hyderabad (IIIT-H)

Universidade da Coréia

Universidade do Texas em Austin (McCombs School of Business)

Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill

University College London

Universidade do Luxemburgo

Universidade de Nicósia (Chipre)

Universidade do Oregon

Universidade de Waterloo (Canadá)