Cleber Morais. Foto: divulgação.

A Bematech, especializada em soluções de TI para o varejo e setor hoteleiro, fechou 2012 com receita líquida de R$ 328,4 milhões, alta anual de 11,3%, e reverteu um prejuízo de R$ 42,4 milhões registrado em 2011 com lucro de R$ 32,5 milhões no ano passado.

O Ebitda foi positivo em R$ 62,2 milhões, contra um resultado negativo de R$ 46,8 milhões em 2011.

Só no quarto trimestre de 2012, a companhia viu o lucro líquido do período se multiplicar por quase dez vezes na comparação anual, ficando em R$ 10, 7 milhões, expansão de 884% ante o R$ 1,1 milhão registrado em 2011.

O ano bom se deve à redução de despesas que vem acompanhando um processo de reestruturação da empresa, iniciado ainda em 2011, quando Cléber Morais assumiu a presidência.

Entre outubro e dezembro de 2012, as despesas caíram sete pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2011, somando R$ 20,6 milhões, ou 23,7% da receita líquida do trimestre, que foi de R$ 87,2 milhões, alta anual de 5%.

De acordo com Morais, a reestruturação passou por uma reorganização dos negócios, ampliando o foco em software e serviços.

Para garantir o reforço, a companhia dividiu o setor em quatro áreas - varejo, loja, restaurante e hotel – e estabeleceu novas lideranças para canais, desenvolvimento de produtos e operações.

“O novo posicionamento de nossa estrutura de software se apresenta como um verdadeiro pilar de sustentação em nossa jornada rumo ao crescimento. Parece um passo sutil, mas não é – essa mudança representa um importante e positivo ajuste na cultura da companhia e uma nova forma de fazer negócios", declarou o presidente à época da reesturutração.