Vinte startups foram selecionadas entre 81 candidatas para o Programa Startup RS. Foto: Rawpixel/Shutterstock.

Vinte startups da área digital foram selecionadas entre 81 candidatas para a primeira edição do Programa Startup RS, uma iniciativa para desenvolver empreendimentos inovadores no estado.

Segundo a coordenadora estadual do Programa de TI e Startups do Sebrae/RS, Débora Chagas, essas 20 empresas selecionadas passarão por um processo de pré-aceleração. 

“Serão realizadas atividades para contribuir para o aumento da competitividade dessas empresas por meio da melhoria de seus modelos de negócios e fomento à captação de investimentos”, destaca. 

Para a seleção, as 81 startups inscritas foram avaliadas por uma banca online composta por representantes do Sebrae, aceleradoras e parceiros do programa. A análisa considerou critérios de mercado, equipe e inovação. 

Depois, as 40 startups mais bem pontuadas passaram por uma segunda banca. 

Durante quatro meses, as empresas escolhidas passarão por capacitações relacionadas ao perfil empreendedor, criatividade, modelagem de negócios, testes de mercado, investimentos, marketing digital, pitch para investidores, além de consultorias e mentorias com profissionais de mercado. 

Elas também terão a oportunidade de participar de um desafio tecnológico e demoday com investidores.

Após o período de capacitação, as participantes disputam ainda uma premiação e a primeira colocada conquista uma vaga na missão do Sebrae ao Vale do Silício, em outubro de 2015, e a participação no Salão da Inovação na Rio Info. 

As três primeiras colocadas ganham um mês de pré-aceleração em uma das aceleradoras parceiras (Wow, Estarte.me e Ventiur). 

Participam do programa as startups: 

 

Aniver.me: ao se cadastrar no site, o usuário recebe, durante a semana do seu aniversário, descontos, promoções e presentes em bares, restaurantes. salões de beleza e outros. 

 

BahSocialize: app para check in e compartilhamento de status profissional e social que, segundo a empresa, “reinventa o networking em eventos de negócios”. A fundadora, Priscila Ribeiro dos Santos, tem formação em administração e MBA em Marketing Digital.

 

Bike On: Aplicativo baseado em crowdsourcing com informações sobre ciclismo urbano. Projeto foi vencedor do Hackton, maratona de hackers organizada pelo PoaDigital. 

 

Broken Icon: empresa de desenvolvimento de games focados em storytelling para diferentes plataformas. 

 

Dietbox: serviço voltado para nutricionistas que ajuda no controle do tratamento dos pacientes. 

 

Dress It: e-commerce de moda e estilo que tem o objetivo de promover novos designers, impactando a cultura local e consumo consciente. A responsável pelo negócio é Paula Schuh. Formada em business management pela Universidade de Westminster, na Inglaterra, Paula liderou o lançamento de dois e-commerces em Londres. Nos últimos quatro anos, vêm atuando na área de marketing da Dell.

 

DripChat: plataforma para encontrar pessoas para praticar uma língua estrangeira nos intervalos do dia. No final do ano passado, venceu o Startup Weekend Lajeado e está incubada no Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari – Tecnovates.

 

Gongo: agenda que controla automaticamente marcação, confirmação, reagendamento, retorno e lista de espera para clínicas e consultórios.

 

Haxor: ferramenta online colaborativa para o desenvolvimento de jogos e aplicações 3D com publicação multiplataforma (mobile e desktop). O fundador da empresa é Henrique Dias, analista de Tecnologia de Informação da UFRGS há quase 4 anos. Ele já foi técnico em computação da Procergs e web developer na W3haus.

 

Itquetas: irá fazer com que as roupas encontrem pessoas certas através de um mobile commerce inteligente.

 

Leve-me: ferramenta conecta pessoas a fim de conhecer novos lugares e dispostas a mostrar suas cidades. A startup está incubada no Tecnovates.

 

LotusIt: empresa de desenvolvimento de software para plataforma mobile, para soluções de vale-presente eletrônico.

 

Makadu: app que permite aos participantes de eventos ter acesso a programação atualizada, enviar perguntas e fazer o download de slides.

 

OnBoy: aplicativo multiplataforma que localiza e chama motoboys em tempo real. 

 

Pange.as: plataforma integrativa sobre bem-estar que expõe o raciocínio de correlação entre conteúdos para as pessoas construírem o próprio conhecimento. 

 

RecycleMarket: plataforma web de intermediação de matérias-primas entre diferentes cadeias produtivas. Sistema cria maior eficiência industrial e redução de aterros.

 

Sistemas Opti: plataforma de negócios online em que fornecedores podem expor seus produtos para os clientes emitirem pedidos de compra. Priscila Rachelle Wagner, co-fundadora, foi analista de desenvolvimento de sistemas da SAP por mais de dois anos. Também teve passagens por Totvs e Thema. 

 

Souking Entertainment: empresa que tem como objetivo a divulgação de jogos eletrônicos produzidos nacionalmente através de uma plataforma web. A CEO, Marcela Quintela Trujillo, é estagiária da Zap Saude e estudante de relações internacionais na UniRitter.

 

Tribo Viva: plataforma digital de consumo colaborativo para promover a interação entre consumidores e pequenos produtores locais de alimentos saudáveis.

 

Work IT: spin off da Done TI que cria um novo modelo de negócios escalável no modelo SaaS voltado aos profissionais de TI.