Diogo Rossato assumiu o Seprorgs.

Diogo Rossato, um dos sócios da ViaFlow, assume em janeiro a presidência do Seprorgs, sindicato patronal de TI do Rio Grande do Sul.

O novo presidente substitui Edgar Serrano, da DBC, que liderou o Serprogs por dois mandatos consecutivos nos últimos seis anos.

A nova chapa é de continuidade, com Donald Reis, da Constat, como vice-presidente (veja a lista completa abaixo).

“A atuação do Seprorgs se dá em torno de quatro pilares. Governo, empresas, instituições de ensino e pessoas. Minha meta é trabalhar mais esse último, desenvolvendo ações de qualificação”, afirma  Rossato.

No seu discuso de despedida, durante a festa de final de ano do Serprogs nesta quinta-feira, 03, Serrano fez um balanço da sua gestão, destacando conquistas como o Prata do PGQP em 2011, os resultados da negociação coletiva de 2013, uma das mais duras em anos e a recém-inaugurada plataforma de negócios do Serprogs, no qual empresas podem ser encontradas por compradores de TI.

Serrano também sinalizou uma aproximação do Seprorgs com a Fenainfo, uma federação nacional de 14 sindicatos da área de tecnologia. 

“Vamos participar do planejamento estratégico da Fenainfo e trabalhar para construir uma entidade verdadeiramente representativa das empresas de TI do Brasil”, afirmou Serrano.

A afirmação é uma crítica velada da Frente Nacional de Entidades de TI, da qual participam  Assespro Nacional, Abes, Softex e Sucesu Nacional, mas que na prática atua sob o comando da poderosa Brasscom, entidade que agrupa multinacionais e grandes empresas brasileiras.

Nova Diretoria do Serprogs:

Diogo Rossato - Presidente

Donald Reis - Vice-Presidente

Rafael Sebben - Diretor Aministrativo

Marcus Sperb - Vice-diretor Administrativo

Edgar Serrano - Diretor Financeiro

Roberto Mazzilli - Vice-diretor Financeiro

Rafael Krug - Diretor de Relações do Trabalho

Michael Tatsch - Vice-diretor de Relações do Trabalho

Diretores: Luis Henrique Petkovicz, José Guido Kirst, Marice Fronchetti, Glauco Nunes, Márcio Biazus

Conselheiros Fiscais: Simone Kosmalski, Sérgio Santi, Ricardo Kurtz