Luli Radfahrer, professor de comunicação digital da USP, é o responsável por um dos cursos. Foto: Divulgação.

O IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau), lançou uma plataforma de ensino à distância sobre marketing digital voltada para grandes, médias e pequenas empresas e agências, novos empreendedores e profissionais liberais. 

O IAB Digital Academy proporciona uma estrutura que atende desde quem não tem conhecimento sobre o assunto até os que já atuam na área.

A primeira fase inclui sete cursos:

Estratégia Digital, com Luli Radfahrer, professor-doutor de comunicação digital da ECA-USP; Comércio Eletrônico, com Flávio Dias, diretor-executivo do Banco Original; Mídia de Performance, com Guilherme Gomide, CEO da Agência Casa; Mobile Marketing, com Fabiano Lobo, diretor para a América Latina da Mobile Marketing Association; Planejamento de Mídia Digital, com Fabiana Baraldi, chefe de Operações e Mídia da Ampfy; Mídias Sociais, com Thiago Arantes, diretor de planejamento da Agência Riot; e Web Analytics, com Luiz Felipe Barros, CEO da Viber no Brasil.

"Há no mercado de marketing digital no Brasil uma carência muito grande de bons conteúdos. O IAB tem um papel de fomentar esse mercado e também criar pontes que permitam o acesso dos interessados a conteúdo de boa qualidade", destaca Cristiane Camargo, diretora de operações do IAB Brasil.

O projeto foi idealizado, desenvolvido e coordenado em parceria com Ricardo Pomeranz, head digital da Rapp Brasil. 

"O IAB reuniu um time de especialistas que desenvolveu sete cursos com 30 videoaulas, cada um de aproximadamente 2 horas, além de material de apoio, exercícios e webinars", explica Pomeranz.

A tecnologia da plataforma de e-learning foi desenvolvida em parceria com a Affero Lab.

Para a equipe, o ideal é realizar o programa completo, pois os cursos se complementam, mas os interessados também podem fazer somente os cursos que atendem às suas necessidades.

Os certificados podem ser de participação, ao final de cada etapa; conclusão, disponibilizado depois da realização de uma prova com 30 questões de múltipla escolha, na qual será necessário alcançar no mínimo nota 7; e para o certificado de qualificação em marketing digital é necessário realizar todos os cursos e obter, no mínimo, nota 7 em cada um deles.

As inscrições para os cursos estão abertas no site da iniciativa.