Carlênio Castelo Branco, presidente da Senior. Foto: Divulgação.

A Senior, empresa de Blumenau especializada em softwares para gestão empresarial, de pessoas, logística e de controle de acesso, adquiriu a Work Labs, fornecedora do sistema para gestão do relacionamento com clientes WorkCRM

O negócio tem relação com a estratégia da companhia de ampliar o portfólio com plataformas complementares às soluções de gestão empresarial.

“Nos últimos anos, a Senior tem feito uma série de aquisições com o objetivo de entrar em novos mercados e segmentos estratégicos para a companhia. Enxergamos que há um crescimento na demanda por soluções de CRM, uma vez que um número crescente de empresas busca maior eficiência nas estratégias de relacionamento com clientes”, afirma Carlênio Castelo Branco, presidente da Senior.  

Parceira da Senior desde 2015, a Work Labs conta com sete canais e uma carteira de cerca de 150 clientes, que serão incorporados pela Senior. Entre as companhias que utilizam o WorkCRM estão Altenburg, Unimed, Altona, Agropalma, Kleiner Schein, Industrial REX, FG Empreendimentos e Hennings.

Marcelo Souza e Maycon Edinger, sócios da Work Labs, passam a fazer parte da equipe executiva da Senior. 

“A união entre as duas empresas vai ampliar o alcance do WorkCRM, permitindo que a solução chegue a um número ainda maior de empresas”, afirma Maycon Edinger. 

Oferecido no modelo de software como serviço, o WorkCRM permite organizar e gerenciar as áreas de vendas, marketing, ouvidoria, serviços e setores relacionados com os clientes. 

O WorkCRM pode ser integrado a outras plataformas e associa tecnologias de big data e mobile. 

No final do ano passado, a companhia comprou a Softran, empresa de Joinville focada em soluções direcionadas a transporte de carga, logística e frotistas. Um ano antes, a empresa de Blumenau comprou a Sythex, uma das maiores empresas brasileiras de sistemas para gerenciamento de armazéns (WMS, na sigla em inglês).

Em 2016, a Senior também incorporou a carteira de clientes de um Canal de Distribuição localizado em Caxias do Sul (RS) e, ainda, o Canal de Distribuição Unidade de Minas Gerais, que passou a responder à Senior como Filial Minas.

A Senior fechou o ano passado com uma receita consolidada de R$ 224 milhões, uma alta de 16% frente ao ano anterior. O resultado ficou abaixo da meta de 25% projetada pela companhia.