Pesquisa do BARC Score Data Discovery aborda o mercado das ferramentas de self-service BI. Foto: Pexels.

A MicroStrategy, um player tradicional do mercado de business inteligence, e a Tableau, parte da leva de novos competidores a entrar na área nos últimos anos, dividem a liderança do mercado de soluções de data discovery.

É o que aponta uma pesquisa do BARC Score Data Discovery sobre o mercado das chamadas ferramentas de self-service BI, em alta nos últimos anos.

Ao contrário do mercado tradicional de BI, que exige implementações a nível corporativo e muito trabalho prévio de organização de dados, os novos softwares de data discovery prezam pela facilidade de implementação e interface, sendo mais usados em nível departamental.

O posicionamento da MicroStrategy como líder nessa área chama atenção: uma sobrevivente da onda de aquisições da SAP, IBM e Oracle no começo dos anos 2000, a companhia lançou seu software de data discovery como um produto stand alone somente em 2015.

A Tableau, por outro lado, foi fundada em 2003 já com foco nesse mercado e se tornou uma representantes mais destacadas da nova tendência nos últimos anos. 

Hoje a Tableau já é uma empresa maior que a MicroStrategy, com vendas de US$ 826 milhões em 2016, alta de 27%, frente aos US$ 512 milhões da concorrente, que teve uma pequena queda de faturamento no mesmo período.

Ao todo, o estudo da Barc analisa 13 fornecedores, classificados como dominadores, líderes de mercados, desafiantes, especialistas e iniciantes. 

O estudo não aponta nenhuma empresa em posição de domínio.

Tableau e MicroStrategy entraram por pouco no quadrante de líderes de mercado.

O de desafiadores traz embolados a maioria dos players, misturando tanto as empresas tradicionais do mercado de BI, como IBM, Microsoft, SAP, SAS e Oracle, com os "emergentes" como Qlik, Yellowfin e Dundas.