Unimed Grande Florianópolis abrange 17 municípios. Foto: divulgação.

A Unimed Grande Florianópolis adotou o sistema da Nina Tecnologia, startup especializada na automatização de agendamentos, para a confirmação de presença em consultas e exames.

Segundo a cooperativa, a ferramenta diminuiu em 30% o volume de faltas em consultas e procedimentos em comparação com o trabalho manual que antes era realizado por até cinco pessoas.

Por meio de mensagem no WhatsApp, SMS, chamada telefônica, e-mail e push notification, a plataforma funciona de forma integrada ao software de gestão da empresa e é customizada.

“É muito importante para uma startup com pouco tempo de vida ter em seu portfólio de clientes uma empresa do porte da Unimed Grande Florianópolis, isso nos traz credibilidade no mercado e novas oportunidades de negócios no segmento”, ressalta Roberto Dozol Machado, CEO da Nina Tecnologia.

O projeto foi realizado através da conexão realizada pelo LinkLab, programa de inovação aberta da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE).

Em quatro meses de participação, a Unimed está contando com serviços de nove startups por meio do programa, incluindo este projeto já finalizado, dois em andamento e ainda cinco startups em negociação.

“Acredito que a estrutura desenvolvida, somada aos modelos de parceria e à experiência dos times do LinkLab e de transformação digital das corporates, tem gerado grande impacto no crescimento de ambos negócios”, afirma Silvio Kotujansky, VP de mercado da ACATE.

Em operação desde 2017, o LinkLab tem três unidades localizadas em Florianópolis, São José e Joinville, contando com 31 corporates e mais de 45 startups conectadas.

O programa atingiu 300% de crescimento em número de unidades e 280% em empresas patrocinadoras conectadas em 2019.

A Nina Tecnologia foi fundada em 2018 em Palhoça, cidade com cerca de 170 mil habitantes próxima a Florianópolis. Em Santa Catarina, a startup também atende as Unimeds Litoral e Tubarão.

Fundada em 1971, a Unimed Grande Florianópolis abrange 17 municípios e detém 62% do market share da região. São mais de 1,6 mil médicos cooperados, 96 laboratórios, 27 hospitais e 276 clínicas.