Portal começa com projeto piloto para empregadores domésticos. Foto: Flickr.com/cpt

Tamanho da fonte: -A+A

O governo federal lançou na segunda-feira, 03, o eSocial, portal voltado a unificar as informações devidas por empregadores a órgãos arrecadadores, como Receita Federal, Caixa Econômica Federal e INSS, e reguladores, como o Ministério do Trabalho.

O projeto ainda é piloto e inicia por atividades relacionadas a empregados domésticos.

Assim, já é possível aos empregadores desta modalidade usarem o portal para calcular benefícios devidos ao empregado, conferir suas obrigações para com os mesmos, entre outros dados.

Mais tarde, a meta é que o portal possibilite a geração de contracheques e ofereça recursos como folhas de ponto, cálculo de hora extra e emissão de guia única de recolhimento de impostos.

Cálculo de impostos, registros de comparecimento e afastamento, documentação de férias e licença maternidade, por exemplo, também devem integrar o portal futuramente.