A Caixa Econômica Federal lançou na semana passada dois aplicativos. Foto: Divulgação.

A Caixa Econômica Federal lançou na semana passada dois aplicativos. O primeiro permite o acesso ao extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e outro serve para consulta de informações do PIS, abono salarial e o seguro-desemprego. 

Os serviços estão disponíveis para aparelhos com sistemas operacionais Android, iOS e Windows Phone.

No aplicativo do FGTS, os trabalhadores que possuem contratos de trabalho regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) poderão acessar informações sobre o saldo.

O trabalhador pode acompanhar no app a regularidade dos depósitos realizados por seus empregadores e o crédito dos rendimentos na conta do FGTS. Além disso, por meio de recurso de geolocalização, pode conferir qual agência da Caixa, sala de autoatendimento ou lotérica está mais próxima dele. 

Segundo a vice-presidenta de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Deusdina dos Reis, a criação da ferramenta tem como objetivo oferecer aos trabalhadores um novo canal de acesso às informações do fundo. 

“Nós sabemos que mais de 76 milhões de brasileiros possuem smartphones. Vamos manter as formas de consulta atuais, mas o aplicativo vai ajudar o trabalhador no momento de cobrar algum depósito em atraso”, diz.

Já o aplicativo Caixa Trabalhador é voltado para consulta de informações sobre PIS, abono salarial e seguro-desemprego. Nele, os trabalhadores poderão consultar se possuem parcela do seguro-desemprego, abono salarial ou os rendimentos do PIS disponíveis para saque.