Claro leva 4G para Curitiba. Foto: flickr.com/photos/N000@7

Tamanho da fonte: -A+A

A Claro anunciou para esta segunda-feira, 04 o início da comercialização de seu serviço 4GMax em Curitiba. A nova tecnologia oferecerá velocidades bem acima do 3G, operando na frequência de 40MHz.

Conforme destaca a operadora em nota, o ganho com a chegada da tecnologia 4G, além da velocidade, é a possibilidade de proporcionar aos clientes uma experiência diferenciada de aplicações.

Estes usos incluem serviços como vídeo sob demanda, streaming de música e vídeos, serviços na nuvem, jogos online, vídeo chat, vídeo conferência entre outros.

A tecnologia 4GMax da Claro chega a Curitiba, primeiramente, com a capacidade de 5Mhz+5Mhz e, gradativamente, com a liberação do espectro, atingirá a faixa completa de 20Mhz+20Mhz, totalizando os 40Mhz de capacidade adquiridos pela Claro no leilão realizado pela Anatel, em junho de 2012.

“Acreditamos que a tecnologia 4G será uma revolução no Brasil e nós queremos ser mais do que pioneiros. Queremos ser a operadora que oferece a melhor experiência de qualidade do serviço para os atuais e futuros clientes”, afirma Carlos Zenteno, presidente da Claro.

PREÇOS
As ofertas seguirão o formato comercial atual da operadora, com pacotes e planos acima de 5GB.

Os aparelhos compatíveis com a tecnologia 4G do Brasil são o Motorola RAZR HD, que sai por R$ 599 no Ilimitado 200 4G e o Samsung Galaxy SIII 4G que sai por R$ 899 no Ilimitado 400 4G para portabilidade.

Já o modem Huawei E392, que pode ser usados em notebooks e dispositivos móveis com entrada USB, pode ser adquirido por R$ 199 no Plano Claro Internet 5GB.

Até março, a operadora quer disponibilizar o Tab Note 10.1 e o Galaxy Note 2, tablets da Samsung compatíveis com a tecnologia 4G.

COBERTURA
 Além da capital paranaense, a Claro pretende disponibilizar o 4G nas cidades-sede da Copa das Confederações até abril de 2013 e nas demais cidades da Copa do Mundo até dezembro, seguindo o cronograma da Anatel.

Para atingir a meta proposta, a companhia anunciou a antecipação do investimento de R$ 6,3 bilhões em infraestrutura e tecnologia que serão aplicados até o final de 2014 no país.

A Claro puxou a dianteira do 4G no país, iniciando seus testes-piloto com a tecnologia em 2012, nas cidades de Paraty, Búzios e Campos do Jordão, assim como na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Em dezembro, a empresa iniciou a operação comercial do serviço, atendendo primeiramente em Recife, e depois estendendo a oferna às cidades onde foram realizados os testes-piloto.