VIRTUALIZAÇÃO

Marfrig troca VMware por Microsoft

03/12/2013 17:47

A iniciativa envolveu mais de 1 mil servidores distribuídos pelo Mercosul.

Linha de produção da Marfrig. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Marfrig trocou tecnologias de virtualização da VMware pelo Hyper-V da Microsoft como um parte de um projeto para aumentar o controle da performance da infraestrutura de TI.

O frigorífico implementou o Microsoft System Center 2012, utilizado como base de consulta para análise de performance. A consultoria foi do parceiro Microsoft Integral.

A iniciativa envolveu mais de 1 mil servidores distribuídos pelo Mercosul, sobre os quais o frigorífico não tinha informações sobre a condição real de funcionamento nem conseguia monitorar de ponta a ponta, afirma a Microsoft em nota.

Ainda de acordo com a multinacional a solução da VMware, acabava gerando 10% mais custos por ser comercializada em módulos, ao contrário do Hyper-V, que é vendido apenas em sua versão completa.

A Marfrig virtualizou 80% de seu ecossistema de TI, composto por 1 mil servidores espalhados no Mercosul.

O System Center gera, mensalmente, 40 mil alarmes de atenção e produz mais de 10 mil ações proativas de correção do ambiente, evitando paradas graves nos servidores. 

A virtualização também fez com que a utilização de diversas máquinas físicas fosse descartada, permitindo à Marfrig reduzir em 10% seus custos com energia elétrica.

Atualmente, a Marfrig processa 3,6 milhões de bovinos por ano. O faturamento previsto para 2013 é de R$ 16 bilhões.

Veja também

TE CUIDA, AWS
VMware: data center no país em 2014

Para a companhia, o Brasil está na lista de prioridades para investimentos de infraestrutura.

DBACorp: R$ 8 milhões com infra e virtualização

A criação das áreas de Infraestrutura e Virtualização impulsionaram os negócios da DBACorp em 2011: a companhia, especializada no desenvolvimento de infraestrutura para banco de dados, faturou R$ 8 milhões, alta de 10% sobre 2010.

Para 2012, a meta é manter o mesmo índice de crescimento, segundo Juarez Pereira de Araújo, diretor Comercial da empresa.

ESTRATÉGIA
Cisco incorpora Insieme e reforça SDN

Aquisição é parte da estratégia da Cisco para crescer no segmento de redes configuradas por software.