A Doce Bela adotou o sistema de gestão da Sankhya. Foto: Divulgação.

A Doce Bela, empresa do Espírito Santo focada no cultivo de banana, adotou o sistema de gestão da Sankhya.

A companhia, que conta com com uma produção de 17 mil toneladas por ano e atende a toda a região sudeste, adotou a solução como parte de um plano de ação iniciado em 2014 para dobrar seu faturamento em cinco anos.  

"Com o passar do tempo, os sistemas que utilizávamos para gerir o negócio foram ficando defasados a ponto de não mais atender às nossas demandas. Eles geravam planilhas separadas que não eram integradas, e isso deixava o acesso a informação muito moroso, pois precisávamos cruzar dados que não conversavam entre si", explica Fabrício Carraretto Barreto, sócio-diretor da Doce Bela.

O sistema da Sankhya possibilitou à Doce Bela eliminar quatro soluções legadas até o momento. 

"Apesar da implantação ter sido finalizada há apenas dois meses, já conseguimos unificar os principais processos no novo ERP. Na área fiscal registramos um grande ganho de tempo no preenchimento dos pedidos, pois o sistema, integrado com o estoque e o cadastro, já completa automaticamente o nome do cliente, e verifica o preço e a disponibilidade do produto em estoque", detalha Barreto.

A visibilidade do negócio também é destacada pelo executivo.

“Além de obtermos informações mais confiáveis para a tomada de decisão e diminuirmos os erros de digitação por meio da automação dos processos, com o ERP Sankhya temos uma visão mais apurada do que está acontecendo no negócio, em tempo real”, comenta.

Outra mudança gerada pelo novo sistema foi a mobilidade na empresa, com a evolução na forma de extrair dados específicos do trabalho desempenhado no campo. 

“Tudo era escrito em cadernos, manualmente. Hoje, os colaboradores digitam tudo em um celular sem a necessidade de ter um wi-fi, pois a Sankhya permite digitar os dados off-line, que depois serão transmitidos ao sistema assim que o celular capta uma rede de internet”.

A partir da implantação finalizada, o objetivo de Barreto é trabalhar todos os processos da empresa dentro da plataforma Sankhya, desde a parte operacional de retaguarda, até os processos específicos da operação, incluindo a geração de indicadores de controle de desempenho e qualidade.

 A Sankhya, fundada em Minas Gerais, conta com uma equipe superior a 750 funcionários e mais de 6,5 mil clientes no país. 

Em 2015, a Sankhya atingiu o faturamento de R$ 80 milhões. Para 2016, a previsão anunciada foi de faturar R$ 100 milhões, mas os resultados não foram divulgados.