Ricardo Fachin, CEO da FH.

A Itelligence, uma consultoria SAP alemã que é parte do grupo japonês  NTT Data, comprou o controle da FH, uma consultoria SAP sediada em Curitiba que está entre as maiores do mercado brasileiro.

Não foi revelado o valor do negócio, ainda está pendente de aprovação no CADE, onde deve ser oficializado nas próximas semanas. 

Fundada em 1999, a FH tem 700 funcionários em seis unidades no Brasil, além de presença na Europa com operações na Espanha e Alemanha, o que pode ter facilitado a aproximação com a Itelligence (um dos sócios da FH é inclusive alemão).

Além dos projetos com tecnologia da SAP, principalmente em software de gestão e Hybris, produto para projetos omnichannel, a FH tem uma presença grande em contratos de sustentação de ambientes SAP, conhecidos pela sigla AMS, e um produto para a parte fiscal próprio, o Guepardo.

Em nota distribuída para os clientes, à qual a reportagem do Baguete teve acesso, a FH destaca que o acordo prevê "a continuidade do modelo de negócios bem sucedido da FH no Brasil, manutenção da estrutura de pessoas e ampliação dos investimentos em softwares fiscais".

A empresa tem experiência em projetos de rollout SAP em mais de 30 países. 

A Itelligence é uma empresa bem maior, com  9,2 mil colaboradores, subsidiárias em 26 países (a grande maioria na Europa, mas também nos Estados Unidos, China e Índia) e um faturamento de € 926 milhões em 2018, uma alta de 6,2% frente ao ano anterior.

“A aquisição da FH significa uma expansão estratégica no mercado latino-americano. Os ativos de propriedade intelectual da FH, combinados às tecnologias inovadoras da SAP, nos auxiliarão no crescimento contínuo dentro e fora do Brasil”, afirma Norbert Rotter, CEO da Itelligence.

Na sua nota sobre a venda, a FH aponta potencial de crescimento nas áreas de marketing, CRM, e-commerce e IoT (Internet das Coisas).

“Nesta nova fase, contamos com a expertise e a presença global do grupo Itelligence para fortalecer nossa posição no mercado brasileiro e ampliar nossas ofertas de software e serviços. Isto resultará em novas oportunidades não só para a empresa, mas também para os nossos colaboradores”, Ricardo Fachin, CEO da FH.

PARANÁ

O Paraná é a origem de players fortes no mercado de SAP em nível nacional, como a FH, e também a Pelissari.

Curiosamente, as duas foram adquiridas. A Pelissari foi comprada em 2017 pela Cast, uma das maiores integradoras de TI do Brasil, ainda em 2017, quando tinha 450 funcionários.