Leonardo Santos.

A Semantix, uma empresa paulista especializada em big data, inteligência artificial e internet das coisas é a única brasileira que faz parte do Apache Spot, um projeto colaborativo visando automatizar a detecção de ameaças de segurança.

A iniciativa é encabeçada por gigantes como Intel e Ebay. Também participa a Cloudera, dona de uma distribuição Haddoop conhecida, players especializados em segurança como a Werbroot, Centrify, Cybraics, Endgame e Jask, além de companhias focadas em dados como StreamSets e Rich IT.

“Nosso foco está na melhoria da interação humana com a plataforma, no intuito de enriquecer os dados e possibilitar maior aprendizado para os analistas”, explica Leonardo Santos, CEO da Semantix.  

A Semantix foi fundada em 2010 por Santos, o ex-CTO da marca de surf wear Billabong, com passagens pela Microsoft e Vantix.

A empresa trabalha com tecnologias da Cloudera, Intel, Mesosphere, Lucidworks e Datastax. 

A lista de clientes inclui bancos como Itaú, Bradesco e Santander, além de empresas como Claro, Globo.com e Petrobrás.