Cleber Fernandes, CEO da Contel Telecom. Foto: divulgação.

A Contel Telecom, nova operadora de telefonia móvel com sede no Rio Grande do Sul, adotou a solução da eNotas, especializada na automatização do fluxo de emissão de notas fiscais eletrônicas, para escalar o modelo de negócios a partir de sua rede de franquias.

De acordo com a operadora, emitir esse tipo de documento de forma manual já tomava muito tempo quando a empresa estava focada na consultoria para 200 clientes. Com o seu novo projeto, o modelo teria se tornado inviável.

Agora, a companhia também se configura como Operadora Móvel Virtual (MVNO, na sigla em inglês). Isso significa que ela não possui uma infraestrutura de rede própria e contrata os serviços da TIM para oferecer os planos. 

Desta maneira, a Contel prevê atuar em centenas de cidades por todo território brasileiro e, para viabilizar o plano de expansão comercial, buscou um sistema que fosse capaz de automatizar todo o fluxo de emissão de notas fiscais.

A divisão do valor recebido em cada mensalidade paga à empresa já era feita de forma instantânea entre a Contel, a TIM, o franqueado desenvolvedor, o franqueado home office e o banco emissor do boleto. 

“São cinco notas e, em alguns casos, seis ou sete, dependendo do serviço. Então, tem de ser automático, não tem jeito. É inviável fazer manual”, explica Cleber Fernandes, CEO da Contel Telecom.

Segundo o executivo, a escolha se deu pela eNotas principalmente por conta da integração com o maior número de prefeituras possível. Com as integrações feitas, o sistema permite aos franqueados emitir automaticamente todas as notas fiscais.

A empresa havia decidido usar um banco que já fazia o split financeiro e necessitava de precisão na divisão e na emissão de todas essas notas. 

“Pela eNotas, cada nota sai de forma correta para cada parceiro, não é preciso ficar contando e repassando manualmente, além de não existir o risco de bitributação, cada um recebe o valor devido direto. E tudo isso dentro do sistema da Contel, tudo certinho”, explica Fernandes.

Hoje, a Contel segue prestando consultoria para os antigos clientes, mas o foco é escalar cada vez mais a operadora. O novo negócio começou em novembro de 2020 com 100 clientes e chegou a 3 mil em janeiro. Em 2021, a expectativa é alcançar 200 franqueados e 1 milhão de clientes.

Com sede em Santa Cruz do Sul, cidade com cerca de 131 mil habitantes localizada na região central do Rio Grande do Sul, a Contel Telecom já conta com outros 12 sócios de expansão espalhados pelo país, que atuam no processo de implementação de 1 mil franquias físicas ou digitais nos 27 estados brasileiros.

Fundada em 2011 por Christophe Trevisani (CEO) e Jonathan Souza (CTO), a eNotas atende mais de 54 mil empresas de diferentes portes e segmentos, como Agilize, Liberty Seguros, Conta Azul, GetNinjas e Sankhya.