Divulgação

Carlos Barbosa, Garibaldi e São Leopoldo foram as vencedoras do Prêmio Cidade Digital Rio Grande do Sul 2012, respectivamente , nas categorias Gestão Eficiente em Serviços Públicos, Infraestrutura; e Inovação em Inclusão Digital.

No total, foram 18 cidades envolvidas na competição. Cada município premiado irá receber R$ 10 mil em recursos de TI.

Canoas foi reconhecido como Município de Destaque.

Em alguns casos, diz o coordenador do júri, o professor PUC-RS Nelson Fossatti, a disputa foi bem acirrada. Na categoria Gestão Eficiente em Serviços Públicos, por exemplo, Carlos Barbosa ficou cerca de quatro pontos à frente do segundo colocado.

“Todos os municípios que participaram fundamentaram seu projeto com um plano de sustentabilidade e merecem o reconhecido mérito por estarem oferecendo também seu enfoque diferenciado nas mais diversas formas de e-gov”, avalia Fossatti.

OS VENCEDORES
Carlos Barbosa foi premiada pela eficiência nas áreas de saúde, educação, segurança e e-gov.

Reconhecido como inovador pelo júri, o município, cuja população é de cerca de 24 mil habitantes, “conta com  projeto transparente que oferece possibilidades concretas para modernizar a administração pública local”, disseram os examinadores.

Já Garibaldi foi contemplado pelo projeto Internet para Todos. Por meio desta iniciativa, diversas áreas da cidade de 167,7 quilômetros quadrados já contam com acesso à conexão gratuita, cujo sinal é distribuído via Wi-Fi. Garibaldi conta com quase 29 mil cidadãos.

São Leopoldo, na região metropolitana, com 207,8 mil habitantes, destacou-se pelo trabalho de desenvolvimento de uma estrutura própria de comunicação de voz, dados e imagem.

Maior cidade, em população, entre as agraciadas, Canoas foi reconhecida como Município de Destaque por seu projeto voltado para a segurança.

Esta iniciativa permite articular as políticas públicas com ações sociais, priorizar a prevenção e atingir as causas que levam à violência. Tudo isso sem abrir mão das estratégias de ordenamento social e segurança pública.

SEM COMPETIÇÃO
Para o coordenador dos jurados, o Prêmio Cidade Digital RS - 2012 deixa um importante legado para os municípios do país. Canoas, Carlos Barbosa, Garibaldi e São Leopoldo formam um elenco de projetos modelo implantados na esfera pública.

A expectativa é que as Cidades Digitais vencedoras tornem-se bons exemplos para a aplicação de novas tecnologias pelas administrações municipais.

“Esta já é uma grande contribuição para a esfera pública, fabricantes, provedores e sociedade”, afirma Fossati.

Fossatti reforça que o prêmio não é “uma corrida tecnológica”. Em eventos como este, o aprendizado é sempre o melhor resultado.

“Esta é uma corrida para a modernização da esfera municipal através de projetos em que a tecnologia é a principal ferramenta”, pondera o professor da PUC-RS.