Marie Planchard, diretora de Educação da SolidWorks. Foto: flickr.com/photos/solidworks

A Anhanguera, que em maio do ano passado se fundiu com a Kroton, tornando-se o maior grupo de educação do Brasil, dobrou o número das suas licenças educacionais do software de CAD SolidWorks, chegando a 1040 no total. A conta é atendida pela revenda IST Sistemas.

É uma base grande, mas não chega a ficar perto dos maiores usuários no país. A maior de todas é a da UFRJ, com 4 mil assentos distribuídos pelas engenharias. 

Mas a multinacional não esconde a expectativa de que o acordo represente um salto de qualidade no Brasil, com a Anhanguera aderindo a um programa no qual os testes de certificação da Solidworks são usados como parte do currículo.

“Já temos iniciativas nessa linha em 600 instituições de 36 países, mas não conseguimos nenhuma ainda no Brasil”, revela Marie Planchard, diretora de Educação da SolidWorks.

Através do programa, os estudantes podem obter gratuitamente a certificação CSWA, a mais básica dos 10 exames disponíveis na linha SolidWorks, como parte do pacote adquirido pelas instituições de ensino nas quais estão matriculados. O exame custa normalmente US$ 99.

Entre os países que já tem instituições engajadas na iniciativa estão Colômbia, Equador e México, sendo que neste último país a parceria é com o poderoso Instituto Politécnico Nacional, que tem 49 unidades e 9 mil estudantes no país.

O número de estudantes certificados SolidWorks ainda é pequeno em comparação com o de profissionais, mas está crescendo rápido. 

A quantidade dobrou de 5 mil em 2012 para 10 mil em 2013, um terço dos quais na China. Ao mesmo tempo, os certificados profissionais tiveram alta de 17% para 100 mil.

De acordo com Planchard, escolas que optam por certificar seus estudantes em SolidWorks estão dando um empurrão para a empregabilidade dos profissionais.

“Entre profissionais oriundos do ensino técnico nos Estados Unidos vemos um aumento da média salarial da faixa dos US$ 12 para US$ 22”, afirma Planchard.

* Maurício Renner cobriu o SolidWorks World em San Diego a convite da SolidWorks.