Daniel Di Domenico e José Antonio Antonioni.

A Softsul, uma das entidades que representa a Softex no Rio Grande do Sul, acaba de fechar um acordo com a Polosul.org, uma associação de empresas de TI que lidera o arranjo produtivo de tecnologia sediado em Passo Fundo, no norte do Rio Grande do Sul.

Um APL é uma organização que envolve diversos atores de uma cadeia produtiva, que uma vez constituídos podem pleitear verbas para diferentes finalidades junto a organismos do governo estadual e federal.

Com produtos semelhantes, as empresas e instituições participantes estão na mesma cadeia produtiva, utilizam insumos comuns, necessitam de tecnologias semelhantes e informações sobre os mesmos mercados. 

O chamado APLTec (Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação e Comunicação da região norte do Estado) tem cerca de 30 empresas e instituições participantes.

“Queremos estreitar cada vez mais a colaboração entre as entidades, para potencializar resultados para todos os associados”, comentou José Antonio Antonioni, diretor presidente da Softsul.

Juntas, as entidades trabalham para a governança das empresas de TIC em 18 cidades, envolvendo mais de 300 empresas e 3,2 mil profissionais do setor. 

As ações conjuntas previstas englobam três esferas principais: internacionalização, inovação e incremento da competitividade no setor de TIC. 

Em breve, serão formatados projetos estratégicos de apoio às empresas para o acesso a linhas de financiamento, participação em eventos nacionais e internacionais e ofertas inéditas de capacitação. 

Para o presidente do PoloSul.org, Daniel Di Domenico, não apenas as empresas associadas se beneficiarão, mas todo o setor de TI do Estado crescerá e alcançará ainda melhores resultados. 

O gestor do APLTec, Ari Cover, complementou: “As empresas intensificarão as trocas, fomentando tanto parcerias entre elas quanto novos negócios para fora do estado”.