SELEÇÃO

Ambev Tech busca líderes mulheres

02/08/2021 10:20

Primeira edição do programa Mulher.Ada está com inscrições abertas até 6 de agosto.

O hub tem escritórios em São Paulo, Santa Catarina e Paraná. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Ambev, uma das maiores empresas do país, lançou o Mulher.Ada, programa para atrair profissionais mulheres, inclusive trans, travestis e pessoas não-binárias, para o seu hub de tecnologia criado em 2020.

Com inscrições abertas até 6 de agosto, a primeira edição será com foco em lideranças e vai contratar 20 mulheres para cargos de gerência ou coordenação da Ambev Tech.

As vagas são em regime CLT e o trabalho poderá ser remoto, híbrido ou presencial, à escolha das candidatas e dependendo das especificidades das áreas em que elas serão contratadas. 

Contando com 1,7 mil colaboradores, o hub possui escritórios nas paulistas Sorocaba, Jaguariúna, Campinas e São Paulo, além da catarinense Blumenau e da paranaense Londrina. 

Para o programa, experiência com tecnologia não é uma obrigatoriedade, mas é desejável.

"Pode ser que a candidata tenha know how de liderança em outras áreas, por exemplo. Além disso, consideramos essencial que as interessadas mostrem alinhamento com a cultura Ambev", explica Lorena Locks Coelho, sênior tech recruiter da Ambev Tech.

Após uma primeira triagem, as selecionadas receberão materiais de apoio e orientações e terão que enviar um vídeo contando seu próprio caso de sucesso como líder. Na última etapa do processo, que ocorrerá de 9 a 13 de agosto, as aprovadas serão entrevistadas individualmente.

A ideia é que o Mulher.Ada seja periódico e que cada edição seja destinada a perfis específicos, como programadoras e desenvolvedoras, ou para recortes como mulheres negras e LGBTQIA+.

"A parcela de mulheres na nossa equipe vem crescendo a cada projeto de atração. Porém, ainda temos muito a fazer neste sentido, sobretudo quando pensamos em cargos de liderança", destaca Coelho.

O nome do programa é inspirado na matemática Ada Lovelace, britânica conhecida por ser a primeira programadora e autora do primeiro algoritmo da história.

A Ambev nasceu em 1999, da união entre as centenárias Cervejaria Brahma e Companhia Antarctica. Em 2004, a empresa fez uma fusão com a belga Interbrew, formando a AB InBev e chegando a 18 países. Em 2020, a indústria de bebidas faturou R$ 58,3 bilhões, alta de 12,3%.

Somente no Brasil, são 32 cervejarias, duas maltarias, 100 centros de distribuição direta e seis de excelência, além de mais 32 mil colaboradores. 

A Ambev possui mais de duzentas marcas de bebidas, entre elas Skol, Brahma, Antarctica, Corona, Bohemia, Budweiser, Stella Artois, Guaraná Antarctica e Fusion.

Veja também

CARREIRA
Petterle quer ser conselheira profissional

Executiva sai da RBS e aposta na alta de temas como transformação digital e diversidade.

INVESTIMENTO
Pipo Saúde recebe aporte de R$ 100 milhões

A rodada Série A foi a maior do mercado de saúde, sendo liderada pela americana Thrive Capital.

VAGAS
XP forma 300 com Trybe

Corretora está oferecendo curso de desenvolvimento de software para contratar profissionais.

ALVOS
Meta prepara um novo salto

Empresa quer triplicar até 2024, com direito a compras e uma perspectiva de IPO.

NOMES
Unico contrata ex-99

Pâmela Vaiano assume a diretoria de comunicação da startup de IDtech.

 

ELAS
SAP: só mulheres na América Latina

As quatro regiões da multinacional alemã na região são lideradas por executivas.