Sergio Alexandre Simões, agora ex-PwC. Foto: divulgação.

Sergio Alexandre Simões, sócio da PwC desde 2010, anunciou sua saída da companhia após mais de 25 anos de atuação. 

De acordo com o site Computerworld, Simões atuou em diversas frentes na sociedade, como coordenação da consultoria de tecnologia, de gestão, de risco, RH e operações. Em 2014, deu início à trajetória de digital na PwC. Na consultoria, também integrou o board digital global.

Em 2019, assumiu a liderança do programa de Digital UpSkilling no Brasil, uma abordagem da PwC para aumentar a qualificação dos talentos das empresas.

Recentemente, Simões foi reconhecido como o Executivo de TI do Ano 2020, vencedor na categoria Serviços Executivo de vendas/sócio em Indústria. O prêmio é realizado pela IT Mídia em parceria com a Korn Ferry.

“Gratidão é pouco. Saio da PwC com um sentimento de realização profissional além de um enorme crescimento pessoal, pois foi lá que tive as melhores oportunidades e construí as melhores amizades”, afirmou Sergio Alexandre Simões, ex-PwC, ao Computerworld.

O executivo não informou o motivo da saída nem qual é o seu próximo passo na carreira, apenas que segue cursando doutorado em transformação digital de PMEs na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP).

Fundada em 1849, em Londres, a PwC é um network de firmas independentes que está presente em 158 territórios, com mais de 250 mil profissionais.

No Brasil, a organização atua há mais de 100 anos, contando com cerca de 5 mil profissionais, distribuídos em 17 escritórios em todas as regiões do país.