Equipamentos de som são especialidade da Severo Roth. Foto: flickr.com/photos/robotbrainz.

A Severo Roth, tradicional varejista de equipamentos eletrônicos em Porto Alegre, anunciou a adoção do ERP para otimizar seus processos administrativos e gerenciais, com o plano de expandir a empresa nos próximos anos.

Atualmente, a empresa utiliza um sistema de desenvolvimento próprio, mas deve implantar o software da desenvolvedora nacional até julho de 2015. A ferramenta da irá gerir todos os setores da loja, trabalho que hoje é feito por mais de um sistema, dificultando a integração das informações.

"Teremos uma grande melhoria de processos na parte financeira, talvez o setor que mais terá processos aperfeiçoados. O lançamento de notas de entrada, por exemplo, hoje é feito em dois sistemas diferentes, o nosso e também um terceirizado que cuida da parte fiscal. Esse retrabalho será extinto no novo ERP”, explica o diretor da Severo Roth, Lucas Zampieron.

O gestor explica que as grandes motivações para a troca de sistema foram as constantes mudanças fiscais e tributárias feitas pelo Governo, fatores complexos de serem atualizados na solução própria.

“O fator determinante para a escolha foi a disponibilidade de suporte local e a segurança de estarmos trabalhando com uma empresa que nos acompanhará em nosso crescimento”, justifica.

No mercado desde 1967 e com atuação no comércio físico e virtual, a empresa possui um dos maiores acervos de eletrônicos no estado, com cerca de 60 mil itens, entre equipamentos de som, iluminação, vídeo, entre outros.

Hoje a loja tem 176 funcionários e cerca de dois mil clientes diários, mesmo contando com apenas uma loja. Em 2012 a empresa abriu um centro de distribuição para atender sua operação online e está estudando uma expansão com a abertura de filiais, um projeto tocado pelo diretor Lucas Zampieron e o irmão Vinícius Zampieron.