Martin Strempfer.

A FH, canal da SAP sediado em Curitiba, acaba de fechar um acordo para implementar as soluções de comércio eletrônico da Hybris, adquirida em junho do ano passado pela multinacional alemã.

O novo parceiro deve investir R$ 500 mil em qualificação profissional e estrutura comercial para desenvolver áreas de marketing, vendas e entregas.

Recentemente, a FH obteve a certificação hybris Commerce Developer na América Latina. 

“O nosso foco é investir fortemente na nossa equipe neste ano, para desenvolver projetos com os clientes novos e atuais, para implementar suas plataformas de comércio omni-channel hybris”, explica Martin Strempfer, diretor de Consulting da FH.

O produto da Hybris tem recursos de gestão de loja virtual e física, além de dispositivos móveis, entre outros, com base de dados unificada.

É uma oferta atrativa para a FH, que tem uma base sólida de clientes no varejo, incluindo Boticário, Cacau Show, Americanas e Dafiti. 

Pelo menos um contrato já foi fechado, em uma empresa especializada, cujo core business é direcionado à venda de geradores, transformadores e tintas cujo nome não é revelado pela FH.

A FH fechou 2013 com faturamento de R$ 70,4 milhões, alta de 35% frente ao ano anterior. A meta da empresa é fechar esse ano em R$ 90 milhões e atingir R$ 170 milhões até 2017.

A companhia parananese é o terceiro de porte a começar a trabalhar com a linha SAP, pelo menos até onde a reportagem do Baguete pode averiguar. Também já entraram no barco a Neoris e o Grupo ASSA.

O varejo online deve subir de US$ 20 bilhões em 2013 para US$ 47 bilhões em 2018 na América Latina, o que tem gerado interesse dos parceiros da SAP em vender também a solução da Hybris.

Apesar de ter uma presença respeitável em nível mundial, com cerca de 500 nomes, incluindo organizações como General Electric, 3M, Toys“R”Us, Levi's e Nikon, a Hybris tinha uma presença muito pequena no Brasil antes da compra pela SAP. 

Segundo a reportagem do Baguete Diário revelou com exclusividade em novembro do ano passado, a única implementação em curso no país está acontecendo na Arezzo.

Uma pesquisa no Linkedin mostra que, nos meses seguintes à compra pela SAP, a Hybris fez contratações de executivos experientes no país.

Os nomes incluem Tatiana Santiago, ex-CA, VMware e Red Hat, para o cargo de gerente de desenvolvimento de negócios e Cassio Salinas, ex-líder do PMO de TI da Vivo, para o cargo de engenheiro de soluções.

Colaboraram com esta matéria:
Brunna - Intervalo Comunicação