Márcio Fernandes.

Começou a operar a Thutor, uma startup de tutoria profissional online com a grife de Márcio Fernandes, presidente do Grupo Elektro e executivo premiado pelo seu trabalho na área de gestão de pessoas.

Fernandes não tem participação na Thutor, mas é apresentado pela companhia como um apoiador. A startup  é comandada por Marcos Roberto Alves ex-gerente de controladoria de empresas como Autopec, MGI e A Raymond. 

Alves é citado nos agradecimentos de “Felicidade dá lucro”, livro no qual Fernandes expôs suas ideias sobre gestão de empresas.

Tirando fora os nomes conhecidos, o funcionamento da plataforma é similar a outras do gênero.

Os interessados pagam uma mensalidade (R$ 69,90) para ter acesso a consultoria personalizada semanal com um coach.

Além da mentoria, a plataforma disponibiliza ferramentas de mapeamento e orientação, além de uma biblioteca multimídia disponível 24 horas com artigos, vídeos, e-books e etc. 

“Com a correria do dia a dia, a Thutor, por ser uma plataforma digital, acaba quebrando a barreira do espaço físico e o paradigma da falta de tempo”, explica Alves.