A Vivo lançou o modelo de franquia em novembro do ano passado. Foto: divulgação.

A Vivo anunciou a chegado do Terra Fibra, seu projeto de expansão de fibra ótica por franquia, à cidade de Novo Gama, em Goiás.

Realizada por meio da regional Xis Internet Fibra, a expansão é a terceira da Vivo no modelo de franchising no país, sendo Novo Gama também o terceiro município a receber a internet da Vivo no no estado de Goiás.

No município com cerca de 110 mil habitantes, que faz divisa com o Distrito Federal, agora são comercializados planos de banda larga por fibra de até 300 Mega. A conexão de 100 Mega custa R$ 99,99 por mês.

"A demanda da população é por internet e a Vivo é a única empresa da América Latina a investir fortemente em um projeto de fibra por todo o Brasil, promovendo uma experiência única a seus clientes", explica Emerson Martins, diretor da regional Centro-Oeste da Vivo.

A Vivo lançou o modelo de franquia em novembro do ano passado e, como franqueadora, a companhia oferece o conhecimento técnico na implementação de uma rede de fibra, além da experiência na comercialização de seus produtos e serviços. 

O franqueado passa a utilizar a marca e capacidade técnica da empresa.

De acordo com a Vivo, a escolha pelo Terra para liderar essa expansão tem relação com o “poder que a marca tem com internet e tecnologia há mais de vinte anos”.

Com o programa, a Vivo espera somar mais de 1 milhão de domicílios cobertos com fibra pelos franqueados aos 15 milhões já previstos pela expansão própria da companhia, até o final de 2021.

Atualmente, a Vivo tem cerca de 10 milhões de domicílios cobertos, em 154 cidades espalhadas em todo país.

A expansão com este novo modelo de negócio teve início na cidade goiana de Águas Lindas de Goiás e tem um cronograma que prevê cerca de 500 localidades para os próximos três anos.