O Sebrae levará oito empresários para um programa de 3 meses no Vale do Silício. Foto: Peshkova/Shutterstock.

Oito empresários participantes do Programa de Aceleração no Vale do Silício, promovido pelo Sebrae/RS, embarcam na segunda-feira, 6, para os Estados Unidos. Eles passarão três meses no Vale do Silício.

A coordenadora estadual de TI e Startups do Sebrae, Débora Chagas, conta que a ideia do programa surgiu dos próprios empresários, após participarem de um projeto-piloto iniciado em 2012, que incluiu uma visita de uma semana ao Vale do Silício no ano passado. 

“Serão três meses de capacitações, consultorias, mentorias, visitas técnicas e reuniões com potenciais investidores”, descreve.

As oito empresas selecionadas participam há dois anos do Projeto de Negócios de TI. O gestor do programa, Gustavo Piardi dos Santos, conta que as empresas participantes receberam 85% de subsídio para as passagens aéreas e para cobrir os custos de toda a programação. 

“Além dos 15% das despesas do programa, essas empresas irão arcar com os custos de hospedagem, alimentação e transporte interno no Vale do Silício, durante o período, como também farão mentorias com os novos participantes do projeto, como contrapartida, para repassar conhecimentos e experiências no seu retorno”, explica Santos.

As primeiras seis semanas da programação são voltadas para a preparação do plano de ação e as últimas seis para execução do plano. Eles passarão pela prática de implementação de projetos de internacionalização e contarão com o apoio de instrutores locais e uma plataforma de mais de 500 mentores em diversas modalidades. 

Fernando José Karl, da Defenda, de São Leopoldo, é um dos integrantes do programa. Sua empresa especializada em segurança da informação criou um produto, o Turbup, que é uma plataforma para aceleração e proteção de sistemas on-line. 

A Defenda já tem clientes no Brasil, mas espera entrar no mercado internacional e captar investidores de outros países.

A Apoio em Sistema terá Ivanir Ziliotto como representante. Ele é diretor-executivo da unidade Senior Porto Alegre. Enquanto isso, Mauro José de Souza irá ao Vale do Silício pela Horacius Securitty Systemas.

Outra empresa participante é a Enttry Software, que atua nas áreas de gerenciamento de impressão e automação de processos por visão computacional. Thiarlei Machado Macedo representará a companhia. 

A Lexsis, que atua na área de desenvolvimento de sistemas e consultoria, terá Thomas Delgado Dias, CPO da empresa, como representante.

Já a Marina Tecnologia, fabricante de componentes de borracha, terá Douglas Novakoski presente nos EUA.

Fabio Duarte Santini irá levar a Neteye ao Vale do Silício. A empresa tem um software que gerencia a forma como as pessoas usam os computadores. Ele permite acompanhar a rotina da em tempo real dá a visão do tempo gasto em cada projeto.

A Proelo Software também integra o programa. A empresa desenvolve soluções enterprise de software as a service (SaaS). Atualmente o principal produto da companhia é o Chainit, uma soulção para otimização de estoques e de gestão da cadeia de suprimentos. Ricardo Damm Coelho representa a empresa.