Conheça o novo aparelhinho da Amazon. Foto: divulgação.

A Amazon deu um passo importante como fornecedor de conteúdo digital de entretenimento, anunciando nesta quarta-feira, 02, o Fire TV, seu dispositivo de streaming de mídia.

O Amazon Fire TV é uma pequena caixa preta, semelhante ao que já foi feito pela Apple com sua Apple TV. No entanto, o plano da empresa de Jeff Bezos com o novo produto é "inventar e simplificar".

A gigante do e-commerce afirma que a sua caixinha é a melhor da categoria, rodando com uma OS própria baseada em Android, suportada por uma memória RAM de 2GB, capacidade cerca de quatro vezes maior que as set-top boxes do mercdo.

O aparelho conta com um controle remoto também pequeno, com funções otimizadas para navegação e que também pode ser usado como controle para games.

Segundo informa o TechCrunch, a decisão por usar uma plataforma baseada em Android tem como objetivo facilitar para os desenvolvedores a criação de apps para o serviço.

Entretanto, um dos principais focos em ter sua próprio hardware de entretenimento é também reforçar o faturamento de seu serviço de streaming digital de conteúdo, o Amazon Instant Video, frente a rivais como Netflix e Hulu.

Nos Estados Unidos, o Netflix ainda tem folgas neste mercado, com cerca de 44 milhões de assinantes, bem à frente da Amazon (25 milhões) e Hulu (5 milhões).

No entanto, no caso da Amazon, a assinatura do serviço de vídeo também está atrelado a um pacote de benefícios no e-commerce, como descontos em produtos e fretes, assim como streaming de músicas.

Mesmo assim, a empresa não chegou a declarar guerra a serviços como o Netflix, que inclusive será um dos apps que virão da fábrica com o Fire TV. Entre outros apps já pré-instalados estão HBO GO, SHO Anytime, Pandora, ESPN e até mesmo o Hulu.

Na parte do hardware, um dos principais concorrentes da Amazon é o Chromecast, do Google, lançado no ano passado e vendido por modestos US$ 35. O Fire TV sairá por US$ 99.

Embora mais caro, a Amazon anunciou recursos extras para explicar o preço, através de parcerias com empresas como EA, Ubisoft, Disney, Gameloft para o lançamento de jogos online para a plataforma.

Para mostrar o poder do streaming de games pela caixinha, a Amazon apresentou o título Minecraft. Para jogar, os usuários podem usar o próprio controle do Fire TV, ou adquirir um joystick dedicado para jogos, o que explica a foto vazada há cerca de duas semanas, mostrando um controle de videogame com o logotipo da Amazon.

Com o anúncio feito, resta saber se a gigante do e-commerce também terá sucesso em uma concorrência tão acirrada. No mercado dos e-books, a empresa de Jeff Bezos saiu vitoriosa, transformando o Kindle e a venda de livros digitais em uma mina de ouro. Resta saber se também será bem-sucedida desta vez.