Eduardo Gallo. Foto: divulgação.

A Kroton Educacional, empresa de ensino com atuação em todo país, ampliou a sua infraestrutura de TI com o uso do Oracle Exadata Database Machine, em uma consultoria feita pela gaúcha Service IT.

A implantação, de valor não aberto, envolvou a aquisição de um Oracle Exadata Database Machine X4-2 Half, com capacidade para suportar não só o atual ambiente da Kroton, como também a incorporação de todo o ambiente da Anhanguera, empresa adquirida pelo grupo em abril de 2013.

Com a fusão, a Kroton chegou à marca de mais de 1,3 milhão de alunos, em cerca de 130 campi e 726 pontos de educação à distância (EaD). 

De acordo com a empresa, era necessário tornar a infraestrutura de TI mais robusta e escalável para suportar a incorporação de milhares de alunos, o que demandaria novos processos nas áreas de finanças, contabilidade e compras no sistema de ERP, além dos sistemas de vestibular, matrícula, portais de alunos e professores e de Business Inteligence.

A partir do novo ambiente, a companhia quis garantir a preservação de investimento pelos próximos três anos, foram também contratados todos os serviços de configuração, testes, migração dos bancos de dados para o novo sistema e acompanhamento posterior.

O processo de implementação partiu de uma prova de conteito no Centro de Operações da Service IT.

“Esta etapa foi importante para conseguimos mensurar os ganhos reais que a solução traria e se esta suportaria a plenitude dos requerimentos definidos", afirmou Adriano Denny, gerente de serviços de TI da Kroton.

O projeto continuou com a instalação física do equipamento pela Oracle no datacenter contratado pela Kroton, localizado em Alphaville. Posteriormente, o time técnico da Service realizou a configuração e migração dos dados, incluindo testes de conectividade e desempenho.

De acordo com o presidente da Service IT, Eduardo Gallo, as etapas eram essenciais para garantir a estabilidade para a preparação e início das aulas do segundo semestre de 2014. 

"O desafio foi a redução dos riscos inerentes a uma mudança desta envergadura a praticamente zero e a entrega do projeto em um curto espaço de tempo, de apenas nove meses”, destacou Gallo.

Depois da implantação, a Kroton já tem em vista a expansão do projeto, com a integração de todas as bases de dados da empresa em um úncio ambiente Oracle, já que a Anhanguera já possuía um Oracle Database Machine próprio.

“Estamos planejando a integração destes equipamentos com o objetivo de reduzir o tempo necessário para a recuperação de desastre, diminuir significativamente a necessidade de janelas de manutenção do ambiente e aumentar a disponibilidade dos serviços”, afirma Denny.

Após o negócio em que absorveu a Anhanguera, a Kroton anunciou seguidos investimentos em tecnologia para reforçar suas operações. Em junho deste ano, a empresa adotou a solução de gerenciamento de dados mestres (MDM) da Informatica Corporation para melhorar a qualidade dos seus dados.

Com a nova solução, a empresa integrará mais de quarenta sistemas informatizados da instituição, como portal do aluno, ERP, ensino a distância, biblioteca e sistemas acadêmicos.

Além disso, a empresa investiu na padronização do seu parque de firewalls, passando todas suas unidades para o sistema Dell SonicWALL. A implementação foi feita pela Picture Soluções em TI, que também assume o gerenciamento 24x7 dos equipamentos.

Especializada em consultoria e prestação de serviços de TI, a Service IT trabalha com soluções de Oracle, IBM, EMC, VMware, RedHat e Riverbed.

Com sede em Porto Alegre e filiais em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e Buenos Aires, a empresa faturou R$ 70 milhões em 2013, resultado 28% superior aos R$ 51 milhões alcançados em 2012.

Para 2014, a companhia projetou um crescimento semelhante ao dos anos anteriores, com uma meta fixada entre 30% e 35%, somando as operações Brasil e Argentina.