TI verde também chega ao ERP. Foto: flickr.com/photos/zone41

A Benner Sistemas agregou uma funcionalidade com viés ambiental à solução Benner Logística, que permite realizar a gestão completa de todos os elos logísticos da cadeia de abastecimento de uma empresa.

O novo recurso possibilita o cumprimento dos requisitos mínimos de emissão de gás carbono (CO2), definidos pelo GHG Protocol, que visa incorporar a questão das mudanças climáticas nas estratégias empresariais.

Com a iniciativa, além de realizar a medição periódica da emissão de CO2, as companhias podem compensar e neutralizar a emissão desses poluentes com ações como plantio de árvores.

“Conhecer o impacto ambiental causado e definir metas de curto e longo prazos para a redução desses impactos, tem tornado-se um dos objetivos estratégicos dos executivos”, declara Jean Pitz, gestor da área de estratégia de mercado de logística da Benner.

ERP GREEN
A nova funcionalidade está disponível no módulo manutenção e gerenciamento de frotas da solução Benner Logística.

O módulo pode ser utilizado para o controle de frota própria e também de agregados e terceiros.

Esta ferramenta faz parte do rol de soluções que a Benner lançará até o final do ano, com foco em automação, redução de custos e consumo de energia e papel, tornando realidade o conceito de ERP Green, que contribui para um futuro mais sustentável.

Para usufruir do novo recurso, é necessário primeiramente medir a quantidade de gases emitidos pelo veiculo, pelo Opacímetro, instrumento de medição, que irá aferir a quantidade de CO2 emitida.

Essas informações são enviadas para a base de dados da solução Benner Logística para a organização de um inventário da frota.

Por meio deste inventário, é possível realizar medições periódicas, determinar se o veículo está de acordo com os índices estipulados pelo GHG Protocol e tomar as devidas ações para minimizar os impactos no meio ambiente, caso exista um alto índice de poluição.