AGROPECUÁRIA

BBM migra sistemas para Microsoft Azure

01/07/2015 17:44

Bolsa de negócios de agropecuária para a nuvem Azure. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM), entidade sem fins lucrativos criada para a realização de transações de produtos agropecuários e outros bens ou serviços, migrou seus sistemas para a nuvem Azure, da Microsoft.

Realizada em pouco mais de um mês, o projeto foi realizado pela paulista 7COMm, e envolveu a migração dos sistemas BBMNet, Cadastro de Participante, Sinap (Sistema de Registro de Algodão em Pluma), CFBBM (controle financeiro), Pregão Dinâmico, Pregão Prazo Determinado, Registro de Balcão e, por fim, Ofícios e Documentos.

Segundo destacou a integradora, o desafio foi ainda maior porque a mudança teve que ser feita para um novo endereço físico da BBM, com a garantia de segurança - como manutenção de protocolos, regras de auditagem e criptografia - e sem interrupção dos sistemas.

"A Bolsa não poderia parar. Era preciso fazer a migração na sexta-feira e na segunda-feira seguinte tudo tinha que funcionar normalmente, sem que o usuário tivesse qualquer interrupção do serviços", afirmou Cesar Henrique Bernardes Costa, diretor geral da BBM.

De acordo com Estefanie Takase, diretora da 7COMm, as empresas fizeram um cuidadoso processo de mapeamento dos banco de dados para fazer a mudança no menor tempo possível e com a segurança desejada.

"Não apenas fizemos uma migração de sistema com sucesso em um curto espaço de tempo. Conseguimos colocar o sistema funcionando em um mês, quando o prazo mínimo desse tipo de operação é de três meses", avalia a executiva.

Criada em 2002, a BBM é resultado da união das bolsas de mercadorias de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Uberlândia, mais a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F).

Com 29 anos de mercado, a 7COMm é parceira certificada Gold da Oracle e Microsoft, atuando principalmente nos segmentos financeiros, com clientes como Bradesco, Itaú e BM&F Bovespa, entre outros.

Veja também

PLAYER
IFS quer lugar entre os grandes

Empresa está investindo em tecnologia a parceiros.

GARTNER
Despesa com infra na nuvem crescerá 32,8%

O mercado de infraestrutura de serviços na nuvem chegará a US$ 16,5 bilhões em 2015.

MERCADO
Gartner: AWS e MS disputam IaaS

Além dos dois nomes que encabeçam a lista da consultoria, apenas o Google foi lembrado.

OFERTA
MS e Equinix: parceria em nuvem híbrida

Emrpesas oferecerão no mercado local serviços de nuvem híbrida usando o Azure como base.

ESTRATÉGIA
Processor aposta na nuvem

No ano passado, 25% do faturamento da Processor já vem da oferta cloud . Entre as novas vendas, a cifra chega a 50%.