Técnico da GE Healthcare.

A GE Healthcare está usando tecnologia da startup brasileira Dootax para cumprir as suas obrigações fiscais.

A solução da Dootax permite automatizando a emissão de guias de tributos como IRPJ, INSS, ICMS, FECP, ISS, entre outros, por meio de tecnologia de automatização robótica de processos (RPA, na sigla em inglês).

A GE Healthcare produz e distribui respiradores, máquinas de ultrassom e tomografia para grandes hospitais e os processos que antes demoravam dias, agora são feitos em minutos, através do uso do software.

"Sempre que temos que enviar um produto para clínicas ou hospitais de fora do estado, precisávamos pagar diversas guias e esses pagamentos eram feitos manualmente, passando pela tesouraria, depois para o banco. Isso demorava quase duas horas ou até dias, dependendo do horário”, explica Armênio Gomes, Treasury Senior Operations Strategy Manager da General Electric (GE).

De acordo com Gomes, a tecnologia da Dootax permite fazer envios até fora do horário comercial, devido à velocidade com a qual os tributos são pagos.

“É um ganho operacional muito grande, afinal são pacientes de hospitais que estão esperando o nosso produto", agrega Gomes.

A GE Healthcare abriu sua primeira primeira fábrica de equipamentos médicos no Brasil, e também na América do Sul, em 2010 na cidade mineira de Contagem.

Fundada em 2018, a Dootax tem clientes como Magalu, Klabin, Azul, Yamaha, Gerdau e é residente do Cubo Itaú, maior hub de empreendedorismo tecnológico na América Latina.

Dois dos fundadores Yvon Gaillard e Luis Pessoto, foram também co-fundadores da Flux-IT, uma empresa de software para a área fiscal. O terceiro, Thiago Moraes de Souza atuou na área técnica da Flux-IT, além de ter sido analista de sistemas na Bovespa.