Marcílio Riegert, CEO da Start You Up. Foto: Divulgação.

A Start You Up firmou uma parceria com a Geocontrol para buscar até 5 startups ligadas a mobilidade urbana. As empresas selecionadas para o programa poderão receber até R$ 100 mil em aporte e serão aceleradas por um ano em Vitória.

O acordo é o primeiro da nova fase da aceleradora, que agora trabalha programas de aceleração por verticais a partir de parcerias como corporações. Essa primeira turma está com inscrições abertas até o dia 10 de junho.

A Geocontrol é especializada em mobilidade urbana e recentemente recebeu investimento de R$ 11 milhões do FIP Aeroespacial. O fundo foi criado no modelo corporate venture capital, ligado a Embraer e às organizações FINEP, BNDES e Desenvolve SP. 

Para definir quais setores da economia seriam escolhidos para a busca de empresa, a Start You Up tomou como base o MGI Digitalization Index, estudo anual realizado pela consultoria McKinsey que analisa os segmentos em que existe maior oportunidade de crescimento global.

Todos os programas serão apoiados, um de cada vez, por uma ou mais empresas, bem como investidores ligados ao segmento escolhido. As empresas parceiras, além de trazerem expertise em mentorias com executivos, promoverão ações de networking com investidores. 

O programa tem o objetivo de ajustar o motor de crescimento das empresas via startups.  Algumas áreas abordadas durante a aceleração serão venda e distribuição, estratégias para a escala, organização e automatização de processos, melhoria de produto e conexão com cliente. 

Além disso, estão programados workshops, palestras, consultorias e mentorias com especialistas do setor. Além disso, a Geocontrol dará acesso completo a sua sede e parque tecnológico.

“Enxergamos oportunidades de crescimento das empresas quando estão ligadas a startups, grandes geradoras de inovação. A Geocontrol é uma dessas empresas que enxergou potencial nessa cultura transformadora das startups que fomentamos”, conta Marcílio Riegert, CEO da Start You Up.

No mercado desde 1998, a Geocontrol está sediada em Vitória e conta com filiais em Brasília, Pernambuco e Rio de Janeiro. A empresa é especializada em criação, desenvolvimento e produção de tecnologias para as áreas de mobilidade urbana, segurança pública, justiça e defesa nacional.

Certificada pelo Exército Brasileiro como Empresa Estratégica de Defesa (EED), a companhia foi uma das quatro investidas pelo fundo de investimentos em participações do setor aeroespacial.

Fundada em Vitória no ano de 2010, a Start You Up não é a primeira aceleradora de startups a anunciar um novo modelo de funcionamento.

No início de meio, a Aceleratech apresentou a expansão de sua operação e mudança de marca. Agora chamada de ACE, a aceleradora se tornou um grupo composto por cinco unidades de negócio, focadas no desenvolvimento de startups, investidores e empresas em busca de inovação.

Assim, a nova organização conta com as unidades ACE University, ACE Start, ACE Growth, ACE Angels e ACE Corp.

O momento de instabilidade econômica no país parece ser um dos influenciadores nas mudanças de aceleradores, devido à influência nas mudanças na área de captação de recursos.

Além disso, o programa do governo federal Startup Brasil, importante fonte de recursos do segmento, está parado. Lançado em 2013, o Startup Brasil teve duas turmas naquele ano e mais duas em 2014. Depois, ficou só na promessa de lançamento de novo edital em 2015. 

Em 2016, antes do início do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, as aceleradoras participantes da iniciativa chegaram a receber um e-mail da coordenação informando que uma nova seleção de startups seria feita ainda no primeiro semestre, o que não se concretizou.